Cana: Safra / Moagem

Custos de produção da cana sobem em 2019/20 por influência da pandemia e do petróleo

Além das consequências previstas para 2020/21, fatores externos tiveram peso negativo nos gastos das usinas na safra passada


novaCana.com - 22 out 2020 - 09:45 - Última atualização em: 22 out 2020 - 15:26

Completando mais de sete meses de pandemia de coronavírus – apenas no Brasil –, já é sabido o impacto que ela está tendo e ainda terá em diversos setores da economia mundial. No caso da indústria sucroenergética, a baixa demanda por combustíveis devido às recomendações de isolamento social e à desvalorização do real perante o dólar tiveram profunda influência na produção das usinas.

Desta forma, especialistas do setor esperam que o resultado da atual safra de cana-de-açúcar seja diferente tanto da tendência observada nos últimos anos quanto das primeiras estimativas. Muitos deles, inclusive, foram reduzindo seus números ao longo do ano.

Por mais que esta perspectiva não surpreenda, pouco foi observado da influência deste cenário nos números finais da safra 2019/20. Esta análise é relevante especialmente por conta do período da entressafra, entre os meses de janeiro e março, momento em que a pandemia eclodiu no país.

O Instituto de Pesquisa e Educação Continuada em Economia e Gestão (Pecege) vem lançando, nos últimos anos, um estudo dos custos de produção para os produtores independentes e para as usinas sucroenergéticas, analisando e associando produtividade, gastos e rendimentos.

Na primeira pesquisa de 2019/20, publicada no primeiro semestre, o Pecege divulgou um resultado positivo, melhor que os das temporadas anteriores, com uma queda nos custos de produção – que ficaram em R$ 7.870,20/ha.

Normalmente, entre a divulgação dos números preliminares e dos finais há uma redução no resultado, considerando finalizações na moagem e novas vendas dos produtos. Neste caso, porém, conforme divulgado pelo Instituto, os efeitos do coronavírus foram sentidos nos custos, quebrando algumas tendências que estavam sendo observadas durante o acompanhamento da safra.

O resultado foi de um custo total médio de produção de cana-de-açúcar de R$ 111,82/t, o equivalente a R$ 8.548,00/ha. Para chegar a este valor, as usinas tiveram influências positivas, como o aumento da produtividade agrícola, e negativas, como o preço dos insumos e questões cambiais.

Confira, na versão completa (restrita para assinantes), gráficos e análises dos custos de produção finais da safra 2019/20.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail