BASF
Financeiro

Ipiranga Agroindustrial emite R$ 200 milhões em debêntures incentivadas


novaCana.com - 28 out 2019 - 14:02 - Última atualização em: 28 out 2019 - 16:38

Conforme autorizado pelo Ministério de Minas e Energia (MME) em outubro, a Ipiranga Agroindustrial concluiu a emissão de R$ 200 milhões em debêntures incentivadas de infraestrutura.

De acordo com uma reportagem do Valor Econômico, esta é a primeira operação com esse tipo de papel feita por uma empresa do agronegócio. Em entrevista à publicação, o superintendente de renda fixa do Itaú BBA, Thiago Munhoz, afirma que esta oferta é emblemática para o setor por representar o acesso a uma nova modalidade de financiamento. Para ele, com ela, as empresas poderão usufruir de prazos mais longos e de novos investidores.

Ainda de acordo com os projetos autorizados inicialmente pelo MME, os recursos captados pela Ipiranga serão utilizados para a manutenção dos canaviais destinados à produção de etanol das safras 2018/10 e 2019/20.

A operação obedeceu à Instrução 476 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), é coordenada pelo Itaú BBA, e os papéis têm prazo de sete anos e saiu a IPCA + 2,6%.

Do grupo de empresas autorizadas pelo MME para emitir debêntures incentivadas, o Ipiranga é o terceiro, atrás da Delta e da Raízen.

novaCana.com
Com informações do Valor Econômico