A produtividade dos canaviais em perspectiva – uma década de mudanças

Mais cana, mas com menor rendimento agrícola. Essa estranha fórmula está presente em quase todos os principais estados produtores do Brasil. Ao longo dos últimos dez anos, a evolução na produção se deu, em parte, por um aumento na área plantada, apesar da involução da quantidade de cana-de-açúcar produzida por hectare.

Segundos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o rendimento médio dos canaviais brasileiros caiu de 75,1 ton/ha em 2006 para 74,2 ton/ha em 2015. Ao mesmo tempo, a produção total de cana-de-açúcar aumentou de 477,5 milhões para 748 milhões de toneladas (os dados consideram todos os canaviais do país, não apenas os destinados às indústrias sucroenergéticas, e são referentes aos períodos de janeiro a dezembro).

Por mais que a expectativa natural seja a de que novas áreas apresentem um rendimento inicial menor, a queda afetou áreas já estabelecidas. Assim, os números trazem os impactos climáticos e, principalmente, os resultados da falta de investimentos nos canaviais.

Reunindo informações de 2006 a 2015, o novaCana.com compilou os dados de uma forma inédita, identificando faixas de rendimento agrícola e sua participação – absoluta e relativa – na safra de cada região.

Em gráficos exclusivos, entenda a evolução do rendimento agrícola e identifique tendências a partir dos seguintes recortes:

- Brasil
- São Paulo (todo o estado)
- SP: Região de Ribeirão Preto
- SP: Região de São José do Rio Preto
- SP: Região de Bauru
- SP: Região de Araraquara
- SP: Região de Araçatuba
- SP: Região de Piracicaba
- SP: Região de Campinas
- SP: Região de Assis
- SP: Região de Presidente Prudente
- SP: Região de Itapetininga
- SP: Região de Marília
- Goiás
- Minas Gerais
- Paraná
- Mato Grosso do Sul
- Alagoas
- Mato Grosso

O texto acima é apenas uma breve introdução. Para ver esta página completa clique aqui e assine.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal