BASF
Usinas

Trading Lanetrade desiste de compra da usina Floralco


Valor Econômico - 07 fev 2013 - 08:08 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

A trading americana Lanetrade, que opera globalmente com açúcar, café e outros produtos alimentícios,  informou à Justiça que desistiu de comprar a usina Floralco, de Florida Paulista (SP), e em recuperação judicial desde 2010. A americana tinha feito uma proposta para pagar US$ 148,360 milhões à vista pela usina paulista. Uma assembleia de credores foi marcada para o dia 19 de fevereiro para definir o futuro da usina.

Ontem, 5 de fevereiro, os credores da Floralco já haviam acolhido em assembleia a proposta da Lanetrade, segundo o advogado Gustavo Sauer Arruda Pinto, ainda sem ter conhecimento de que a trading já havia protocolado na Justiça horas antes o pedido de desistência.

A proposta da americana superou outras duas propostas, a da Asperbras Brasil, do ramo de equipamentos para irrigação e tecnologia e que também atua no cultivo de cana-de-açúcar, e da TEF Holdings, que tem mandato de fundos para investir em empresas com dificuldades financeiras.

A Asperbras havia proposto comprar a Floralco por R$ 120 milhões com o pagamento de R$ 20 milhões à vista e, o restante, em dez parcelas anuais, sendo a primeira em outubro de 2014 e a última, no mesmo mês de 2023.

A TEF Holdings tinha ofertado R$ 130 milhões pela Floralco. A proposta era pagar R$ 15 milhões à vista, outros R$ 15 milhões no fim da safra 2013/14 e outros R$ 100 milhões em cinco parcelas de R$ 20 milhões, com o vencimento da primeira em 2016.

Fabiana Batista