Frases e Gráficos

[Infográfico] Itaú BBA analisa uma década de disparidade entre sucroenergéticas

Com indicadores referentes ao período de 2012/13 a 2021/22, banco fortalece visão de heterogeneidade entre as usinas

NovaCana - 23 nov 2022 - 15:23

A distância entre as sucroenergéticas com uma boa saúde financeira e aquelas com números ruins segue crescendo – é o que demonstram dados do Itaú BBA com atualizações periódicas. A mais recente análise, que foi divulgada em relatório do banco de 9 de novembro, fortalece essa característica do setor.

Com dados da safra 2012/13 até a 2021/22, o banco observa o Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) por tonelada e a dívida líquida por tonelada das usinas. Os dois indicadores servem como termômetro de como anda o desempenho operacional-financeiro das empresas.

A amostra mais recente, de 2021/22, corresponde a 58 grupos localizados no Centro-Sul e que foram responsáveis pela moagem de 311 milhões de toneladas no ciclo em questão, o equivalente a 60% do colhido na região na temporada.

Para ver o gráfico, faça login ou torne-se um assinante NovaCana.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x