Etanol: Preços

Etanol hidratado brasileiro atinge menor valor em quase cinco anos

Esta é a primeira vez que valor do biocombustível em açúcar equivalente fecha abaixo de 10 centavos de dólar por libra-peso


S&P Global Platts - 24 mar 2020 - 09:38

Na última quarta-feira (18), quando transformado para um valor equivalente ao da comercialização do açúcar bruto, o etanol hidratado brasileiro foi avaliado em 9,87 centavos de dólar por libra-peso. Isso representa uma queda de 0,95 centavos em relação ao dia anterior e o nível mais baixo desde setembro de 2015.

Esta também foi a primeira vez, desde que a S&P Global Platts lançou a avaliação em 1º de abril de 2014, que o etanol hidratado no equivalente de açúcar bruto se estabeleceu abaixo de 10,05 centavos de dólar por libra-peso.

De acordo com a Platts, a combinação da disseminação do coronavírus no Brasil e o colapso observado na cesta de energia tem pressionado fortemente o etanol hidratado, que possui forte correlação com os preços da gasolina no Brasil. Além disso, com as preocupações globais envolvendo os preços do petróleo e a pandemia de coronavírus, o real desvalorizou mais de 20% no último mês, ultrapassando R$ 5,00/US$ em 17 de março, o maior nível histórico já observado em relação ao dólar.

E nem mesmo uma redução prevista de 3 bilhões de litros na produção total de etanol foi suficiente para conter o colapso dos preços. No momento, os produtores do Centro-Sul do Brasil estão prestes a começar a safra 2020/21 em meio a um consenso de mercado de que o mix de açúcar passará de quase 34,2% na safra atual para, pelo menos, 40% – com a possibilidade de chegar a 42%.

Historicamente, os produtores do Centro-Sul começam a temporada maximizando a produção de etanol hidratado devido a um panorama industrial favorável e à maior liquidez nas vendas de etanol hidratado em comparação com as exportações de açúcar. No entanto, esse cenário pode mudar nesta safra.

Conforme a Platts, os produtores brasileiros se aproveitaram de uma remuneração positiva em reais nos dois primeiros meses de 2020 para aumentar o volume de açúcar com preços fixados para a safra 2020/21 e a seguinte. “O preço médio do contrato futuro de açúcar ICE NY11 em equivalente real foi de R$ 1.374/t no primeiro bimestre de 2020, quase 30% superior à média registrada no mesmo período de 2019”, afirma.

Assim, depois de quase três anos com o etanol hidratado pagando mais do que as exportações de açúcar bruto, o cenário no curto e médio prazo parece ter mudado para os produtores brasileiros.

Inclusive, o impacto no preço do etanol hidratado foi minimizado por fundamentos de alta, presentes durante toda a safra 2019/20. As vendas totais do biocombustível no mercado interno alcançaram 20,9 bilhões de litros no período de abril de 2019 a fevereiro de 2020, um aumento de 9,1% na comparação com o ano anterior.

Enquanto isso, os estoques de etanol hidratado no final de fevereiro chegaram 1,99 bilhão de litros, uma queda de 27% em relação a meados de fevereiro e uma redução de 4% em relação ao ano anterior, segundo dados do Ministério da Agricultura.

Nicolle Monteiro de Castro
Com tradução novaCana.com