2ª Geração

POET-DSM Advanced Biofuels: transformando resíduo do milho em etanol celulósico


- novaCana.com - - 24 jan 2013 - 09:00 - Última atualização em: 08 fev 2013 - 14:11
poet dsmPERFIL DA EMPRESA
A POET-DSM Advanced Biofuels, LLC é uma joint venture 50/50 entre a Royal DSM e a POET, LLC. Sediada em Sioux Falls, SD (Dakota do Sul), a joint venture utiliza uma tecnologia exclusiva para converter resíduos de cultura de milho em bioetanol celulósico. A primeira planta em escala comercial da POET-DSM, chamada de Projeto Liberty, produzirá 20 milhões de galões por ano de bioetanol celulósico. Com base nesta planta, a joint venture planeja licenciar globalmente um pacote de tecnologia integrada para a conversão de resíduos de cultura de milho para bioetanol celulósico.

INICIOU OPERAÇÕES | 2008
poet dsm inicio operacoes 2008[Legenda da foto: Instalação de demonstração da POET]

INSTALAÇÃO DE DEMONSTRAÇÃO
LOCALIZAÇÃO: Scotland, SD (Dakota do Sul).
MATÉRIA-PRIMA: Resíduos de cultura de milho.
PRODUTOS: Etanol, biogás.
CAPACIDADE: 20.000 galões por ano.
PERFIL DA PLANTA: A planta piloto/ demonstração de etanol celulósico da POET tem sido crucial para melhorar o processo de produção em escala comercial. Colheitas preliminares por agricultores de Iowa estão ajudando a solidificar o fornecimento de matéria-prima para o Projeto Liberty.

Parceiros de POET-DSM

Estratégicos: Joint venture entre DSM (enzimas e leveduras) e POET (processo, aquisição de matéria-prima). Cada parte contribuirá cerca de 50% do valor da joint venture. A DSM contribuirá US$ 150 milhões em financiamentos de capital próprio e de crédito. A POET contribuirá com o Projeto Liberty, incluindo concessões asseguradas do Departamento de Energia americano e do Estado de Iowa.
Públicos/ Governo: US$ 100 milhões em concessões do Departamento de Energia americano; concessão de US$ 14,8 milhões do Estado de Iowa para construção de biorrefinaria, engenharia e aceleração das atividades de matéria-prima; US$ 5,25 milhões em créditos do Estado de Iowa para impostos e treinamento.

poet dsm projeto liberty
O Projeto Liberty usará espigas, folhas, palha e um pouco do caule do milho que passa pela colheitadeira durante a colheita. O processo usa cerca de 25% do material disponível, deixando 75% no solo para controle de erosão, reposição de nutrientes e outras práticas importantes de gestão agrícola. O coproduto do processo de etanol celulósico será energia, o suficiente para abastecer o Projeto Liberty e mandar o excesso para a planta adjacente baseada em grãos de milho.

CONCLUSÃO ESTIMADA | 4º TRIMESTRE 2013
poet dsm projeto liberty 01[Legenda da foto: Projeto Liberty]

INSTALAÇÃO COMERCIAL
LOCALIZAÇÃO: Emmetsburg, IA (Iowa).
STATUS: Em construção.
MATÉRIA-PRIMA: Resíduos de cultura de milho.
PRODUTOS: Etanol, biogás.
CAPACIDADE: 20 milhões de galões por ano, posteriormente aumentando para 25 milhões de galões por ano.
EMPREGOS: 37 empregos na biorrefinaria, 309 empregos diretos na construção.
PERFIL DO PROJETO: Adjacente à planta atual da POET de etanol de grãos; área de armazenagem de biomassa de 22 acres está completa, construção da biorrefinaria em curso com conclusão estimada para o 4º trimestre de 2013; continua a aumentar contratos com agricultores para colheita de biomassa, em direção à meta de 285.000 toneladas por ano.

CAMINHO PARA IMPLANTAÇÃO COMERCIAL

2008
Planta piloto da POET se torna operacional, segunda rodada de testes com colheita de biomassa
DSM inicia programa extensivo de desenvolvimento de enzimas para etanol celulósico

2009
Redução de custos significativa na unidade piloto, colhidos 12.000 acres de biomassa

2010
Concluída área de armazenagem de biomassa comercial, primeira colheita de biomassa comercial (56.000 toneladas)
DSM identifica sistema de enzimas eficaz na quebra de lignocelulose em açúcares componentes com alta estabilidade térmica

2011
Iniciado trabalho na área da biorrefinaria de escala comercial
Segunda colheita de biomassa comercial (61.000 toneladas)
DSM adquire companhia C5 Yeast da Nedalco

2012
Joint venture formada com Royal DSM
Iniciada construção vertical na biorrefinaria de escala comercial
Terceira colheita de biomassa comercial (85.000 toneladas)

2013
Esperada conclusão da construção da unidade de escala comercial

2014
Validar a tecnologia em escala comercial

2015
Validar a tecnologia em escala comercial

Fonte: Cellulosic Biofuels Industry Progress Report 2012-2013 - Advanced Ethanol Council
Tradução e adaptação novaCana.com