2ª Geração

Beta Renewables: biorrefino celulósico


- novaCana.com - - 24 jan 2013 - 09:00 - Última atualização em: 31 jul 2014 - 11:49
beta renewablesPERFIL DA EMPRESA
A Beta Renewables é uma joint venture de US$ 350 milhões, formada pela divisão Chemtex do Gruppo Mossi & Ghisolfi e TPG. O grupo M&G (receita de cerca de US$ 3 bilhões anuais) tem mais de 60 anos de sucesso no desenvolvimento de processos e comercialização de plantas no mundo todo. A joint venture investiu mais de US$ 200 milhões no desenvolvimento de sua tecnologia avançada de biorrefino celulósico PROESA.

INICIOU OPERAÇÕES | 2009
beta renewables begain operations 2009

INSTALAÇÃO DE DEMONSTRAÇÃO

LOCALIZAÇÃO: Rivalta, Itália.
MATÉRIA-PRIMA: Variedades de biomassa celulósica não-alimentares.
PRODUTOS: Etanol celulósico, químicos de base biológica.
CAPACIDADE: Uma tonelada por dia.
PERFIL DA PLANTA: Operação contínua desde 2009.

Parceiros da Beta Renewable

De capital privado: Mais de US$ 200 milhões investidos no desenvolvimento da tecnologia PROESA pela divisão Chemtex da M&G. Beta Renewables formada como uma joint venture de US$ 350 milhões pela Chemtex e TPG.
Estratégicos: GraalBio, Colbiocel, Novozymes, Genomatica, Gevo, Codexis, Amyris, Biofuels Center of North Carolina.
Públicos/ Governo: USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), garantia de empréstimo de US$ 99 milhões para o Projeto Alpha na Carolina do Norte, mais prêmio BCAP de US$ 4 milhões.

INSTALAÇÃO COMERCIAL EM DESENVOLVIMENTO NOS ESTADOS UNIDOS: PROJETO ALPHA
beta renewables mapa comercialLOCALIZAÇÃO: Sampson County, NC (Carolina do Norte).
STATUS: US$ 99 milhões em garantia de empréstimo condicional concedido em agosto de 2012.
MATÉRIA-PRIMA: Culturas dedicadas de matérias-primas energéticas; Prêmio BCAP de US$ 3,9 milhões.
PRODUTOS: Etanol celulósico, produtos químicos de base biológica.
CAPACIDADE: 20 milhões de galões por ano.
EMPREGOS: mais de 300 empregos diretos e indiretos.
PERFIL DO PROJETO: O Projeto Alpha usará a tecnologia Chemtex PROESA; a concessão de US$ 3,9 milhões do BCAP – Biomass Crop Assistance Program (Programa de Assistência a Cultura de Biomassa) facilitará o estabelecimento de mais de 4.000 acres de culturas energéticas em onze condados na Carolina do Norte, com expectativas de receitas adicionais que excedam US$ 4,5 milhões anuais para produtores locais de biomassa.

INICIOU OPERAÇÕES | 4º TRIMESTRE 2012

beta renewables operacoes 2012

INSTALAÇÃO COMERCIAL

LOCALIZAÇÃO: Crescentino, Itália.
STATUS: Iniciou operações no 4º trimestre de 2012.
MATÉRIA-PRIMA: Uma mistura de palha de trigo, palha de arroz, bagaço, cana-da-índia, resíduos de milho e álamo.
PRODUTOS: Etanol celulósico.
CAPACIDADE: 20 milhões de galões por ano.
EMPREGOS: Mais de 200 empregos diretos e indiretos.
PERFIL DO PROJETO: Programado para ser a primeira planta em escala comercial do mundo; múltiplas plantas adicionais licenciaram a tecnologia PROESA; tecnologia será usada no Projeto Alpha na Carolina do Norte.

CAMINHO PARA IMPLANTAÇÃO COMERCIAL

2008
Desenvolvida a tecnologia de biomassa PROESA
Primeiros galões de etanol celulósico produzidos na planta de demonstração

2009
Operação contínua da planta de demonstração; uma tonelada por dia

2010
Iniciada a construção da planta comercial de Crescentino

2011
Grupo M&G e Chemtex lançam oficialmente a tecnologia PROESA
Formada a Beta Renewables para licenciar a tecnologia PROESA para rápida adoção pela indústria

2012
Concedida garantia de empréstimo para o Projeto Alpha (NC) pelo USDA
Iniciadas operações em Crescentino: primeira planta de etanol celulósico em escala comercial do mundo
Genomatica & GraalBio licenciam a tecnologia PROESA

2013
GraalBio inicia a planta comercial de etanol celulósico (tecnologia PROESA)

2014
Inicialização do Projeto Alpha: planta de 20 milhões de galões por ano inicia na Carolina do Norte
Múltiplas plantas adicionais

2015
Múltiplas plantas comerciais adicionais

Fonte: Cellulosic Biofuels Industry Progress Report 2012-2013 - Advanced Ethanol Council
Tradução e adaptação novaCana.com

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail