Cana: Safra / Moagem

Os canaviais mais produtivos do Brasil: Cidades com rendimento acima de 85 t/ha

Mais de 120 municípios brasileiros compõe o ranking da produtividade em 2020


NovaCana - 04 nov 2021 - 08:52

Uma boa produção de cana-de-açúcar vai muito além do foco na quantidade, sendo essencial demarcar a qualidade da cultura cultivada em cada região. O rendimento dos canaviais brasileiros é um dos índices mais importantes para ser observado, tanto para as grandes usinas quanto para os produtores independentes. Afinal, para ter uma relação custo-benefício adequada é preciso saber quantas toneladas é possível extrair de cada hectare plantado.

A grande meta do setor sucroenergético é alcançar, e eventualmente até ultrapassar, os três dígitos de rendimento médio, ou seja, acima de 100 toneladas por hectare. Entretanto, este objetivo ainda é uma realidade distante para muitos – especialmente quando se leva em conta a atual estiagem. Segundo dados da União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), o rendimento médio dos canaviais da região Centro-Sul entre 1º de abril e o final de setembro foi de 69,6 t/ha, uma queda de 15,5% ante o mesmo período da safra 2019/20, quando o valor chegou a 82,4 t/ha.

Já de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), durante o ano civil de 2020 (janeiro a dezembro), a produtividade média dos canaviais brasileiros chegou a 75,6 t/ha, um aumento de 1,27% em relação ao ano anterior, que alcançou 74,66 t/ha. É importante ressaltar que os dados do IBGE são coletados junto a cada município e incluem o cultivo de cana-de-açúcar para outros fins, como a produção de melaço e aguardente, não apenas para o uso das usinas de açúcar e etanol.

Apesar do avanço anual, o valor visto em 2020 ainda está distante das 80,25 t/ha de 2009, recorde na série histórica iniciada em 2007. Nos últimos cinco anos, inclusive, o índice se manteve entre 74 t/ha e 75 t/ha, demonstrando estabilidade no rendimento das plantações.

Considerando apenas municípios com produção acima de 300 mil toneladas e com mais de 85 t/ha de rendimento, o NovaCana elencou 124 cidades brasileiras como as campeãs de produtividade em 2020 – oito a mais do que no ano anterior. Entretanto, apenas 13 municípios apresentaram um rendimento acima de 100 t/ha, a grande meta de produtividade do setor sucroenergético brasileiro.

Do total, 74 cidades são do estado de São Paulo. Outras 17 de Minas Gerais, 16 de Goiás, 9 do Paraná, 4 do Mato Grosso e 2 do Mato Grosso do Sul. Também aparecem na lista os estados de Bahia e Maranhão, com um representante cada.

Em 2020, a nova líder do ranking é Juazeiro (BA), com um rendimento de 151,71 t/ha, crescimento de 30,4% em relação às 116,37 t/ha vistas em 2019. Desta forma, a cidade baiana tirou a liderança de Jataí (GO) que foi considerada a cidade mais produtiva do Brasil por três anos consecutivos.

IBGE rendimento1 081021 block

Confira na reportagem completa, exclusiva para assinantes, gráficos e análises com:

- As cidades com canaviais que renderam mais de 85 t/ha
- Evolução do rendimento médio no Brasil e principais estados produtores
- Evolução de rendimento nos municípios com maior produção de cana em 2020
- Histórico de rendimento das vinte cidades mais produtivas
- Os canaviais mais improdutivos de 2020, por região


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail



x