PUBLICIDADE
ARMAC
Milho

UE corta previsão para rendimento da safra de milho 2022 após onda de calor


Reuters - 26 jul 2022 - 07:59

O serviço de monitoramento de safras da União Europeia, Mars, cortou nesta segunda-feira, 25, suas previsões de rendimento para todas as safras de verão, incluindo milho, devido ao clima quente e seco em muitas regiões do bloco, ao mesmo tempo em que fez pequenas reduções na projeção de grãos de inverno.

As perspectivas de colheita na UE ganharam importância extra este ano, já que a invasão da Ucrânia pela Rússia – um grande exportador de trigo, milho e girassol – interrompeu as exportações do Mar Negro e aumentou a incerteza sobre a colheita da Ucrânia.

Mas temperaturas sufocantes e chuvas esparsas prejudicaram a safra de milho da Europa, reduzindo ainda mais as perspectivas de colheita depois que alguns países viram uma queda nas plantações.

O Mars definiu sua projeção de rendimento para a safra de milho da UE, que será colhida no outono do hemisfério Norte, em 7,25 toneladas por hectare, abaixo das 7,87 t/ha estimadas no mês passado e, agora, 7,8% abaixo da média de cinco anos.

A safra de verão sofreu mais em regiões já afetadas por déficits de chuva de longa duração, como grande parte da Espanha, sul da França, centro e norte da Itália, centro da Alemanha, norte da Romênia, leste da Hungria e oeste e sul da Ucrânia, disse o Mars.

“Além dos impactos diretos no crescimento, a seca e o estresse térmico em várias regiões coincidiram com o estágio de floração, resultando na redução da fertilidade das flores”, afirmou.

As previsões para as safras de inverno, para as quais a colheita está completa ou quase completa, sofreram pequenas alterações, mantendo-se perto da média de cinco anos, disse o Mars.

Sybille de La Hamaide

Tags: Milho Europa

PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x