Internacional: Açúcar

Produção de açúcar da Índia fica quase estável no início da safra


Reuters - 17 nov 2022 - 15:31 - Última atualização em: 18 nov 2022 - 08:02

As usinas indianas produziram 2 milhões de toneladas de açúcar até agora na temporada que começou em 1º de outubro, informou a Associação Indiana de Usinas de Açúcar (Isma, na sigla em inglês) nesta quinta-feira, 17, volume quase estável em relação ao ano anterior.

A produção de açúcar na Índia, importante “player” do mercado global, tem sido forte nas últimas safras.

O país, maior consumidor global do adoçante, também tem exportado, sendo fator de limite para os preços.

As usinas indianas já contrataram a exportação de cerca de 3,5 milhões de toneladas de açúcar durante a atual temporada 2022/23, disse a Isma, um órgão de produtores.

No início deste mês, o governo indiano aprovou a exportação de 6 milhões de toneladas de açúcar em 2022/23, em linha com as expectativas do mercado para a primeira parcela do ano.

A expectativa é permitir mais exportações durante a temporada depois que o governo tenha uma noção mais clara da produção desta safra.

A Índia exportou mais de 11 milhões de toneladas de açúcar na temporada 2021/22.

Antecipando-se à liberação para exportação, muitos comerciantes fecharam contratos em agosto, setembro e outubro para vender açúcar no mercado mundial.

Como os preços globais subiram desde então, eles agora estão renegociando os preços dos contratos de exportação para buscar melhores retornos, disse a Isma.

As usinas de açúcar têm renegociado e descumprido contratos para fornecer 400 mil toneladas do adoçante a compradores estrangeiros, disseram comerciantes à Reuters.

Muitas usinas pararam de assinar acordos de exportação porque esperam que os preços subam ainda mais e, apesar do recente aumento das cotações, o açúcar indiano era o mais barato do mundo, disseram eles.

A Índia deve produzir cerca de 36,5 milhões de toneladas de açúcar em 2022/23, um aumento de 2% em relação à temporada anterior, de acordo com a primeira previsão de produção da Isma divulgada no mês passado.

Isso considera o “desvio” de 4,5 milhões de toneladas de açúcar para a produção de etanol.

Durante 2021/22, as usinas utilizaram 3,4 milhões de toneladas de açúcar para etanol.

Mayank Bhardwaj

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x