PUBLICIDADE
ARMAC
Internacional: Açúcar

OIA revisa saldo global de açúcar de déficit para leve superávit em 2021/22


Reuters - 27 mai 2022 - 14:06

A Organização Internacional do Açúcar (OIA) revisou sua projeção para o saldo global de oferta de açúcar 2021/22 de um déficit de 1,92 milhão de toneladas em fevereiro para um superávit de 237 mil toneladas, de acordo com seu relatório trimestral divulgado nesta sexta-feira, 27.

A OIA aumentou sua visão para a produção global de açúcar em 3,51 milhões de toneladas desde seu último relatório em fevereiro, projetando agora uma produção total de 174,02 milhões de toneladas.

A entidade também aumentou sua estimativa de consumo, mas em uma quantidade menor, de 1,34 milhão de toneladas, para 173,78 milhões de toneladas.

A organização espera um superávit ainda maior para o ano-safra 2022/23 (outubro a setembro), de 2,77 milhões de toneladas, com produção prevista de 177,37 milhões de toneladas e consumo esperado em 174,6 milhões de toneladas.

“De uma perspectiva fundamental, a situação atual do mercado de açúcar mudou ainda mais na direção baixista”, disse a ISO no relatório.

Países asiáticos como Índia e Tailândia estão tendo dois anos de boa produção, enquanto o Brasil também está iniciando uma safra maior em 2022. “A disponibilidade de exportação do Brasil, especialmente para açúcar bruto, deve ver o mercado bem abastecido no restante de 2021/22”, disse a organização.

A produção global de etanol em 2022 está projetada para crescer em 5,1 bilhões de litros (1,4 bilhão de galões) a partir de 2021, para atingir 110,3 bilhões de litros. O consumo de etanol deve saltar 4,5 bilhões de litros, para 106,3 bilhões de litros.

A OIA prevê aumento da produção e consumo de etanol nos Estados Unidos, Brasil e Índia em 2022.

Marcelo Teixeira


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x