Internacional: Açúcar

Estoques de açúcar da Índia devem cair para mínima de quatro anos com vendas recordes


Reuters - 14 jul 2021 - 12:30

Os estoques de açúcar da Índia caíram 19% e o país pode começar a campanha de comercialização de 2021/22 no menor volume em quatro anos depois que as usinas exportaram um volume recorde no ciclo atual, disse nesta quarta-feira a Indian Sugar Mills Association (Isma).

Os estoques mais baixos podem sustentar os preços locais e reduzir as exportações no próximo ano de comercialização do segundo maior produtor de açúcar do mundo, por sua vez sustentando os preços globais.

A Índia pode iniciar a campanha de comercialização de 2021/22 em 1º de outubro com estoque de passagem de 8,7 milhões de toneladas, abaixo das 10,7 milhões de toneladas de um ano atrás, disse Isma em comunicado.

O país pode produzir 31 milhões de toneladas de açúcar em 2021/22, em comparação com 30,9 milhões de toneladas na temporada atual, disse o órgão comercial.

A área cultivada com cana-de-açúcar aumentou cerca de 3%, para 5,46 milhões de hectares, e o clima também é favorável, mas o fornecimento adicional de cana deve ser desviado para a produção de etanol, aponta o relatório.

“Com maior capacidade de produção de etanol e excedente contínuo de cana-de-açúcar no próximo ano, aproximadamente 3,4 milhões de toneladas de açúcar serão desviadas para o etanol na próxima safra”, disse.

A Índia planeja atingir 20% de mistura de etanol na gasolina até 2025 para reduzir sua dependência das dispendiosas importações de petróleo e cortar a produção excessiva de açúcar.

O país do sul da Ásia deve exportar um recorde de 7 milhões de toneladas de açúcar na atual temporada, quase 18% a mais do que há um ano, disse a entidade.

Em dezembro, a Índia aprovou um subsídio para incentivar as usinas com pouco dinheiro a exportar 6 milhões de toneladas de açúcar na campanha de comercialização de 2020/21, que termina em 30 de setembro.

Algumas usinas exportaram açúcar sem subsídio, pois precisavam de fundos para fazer pagamentos de cana aos agricultores, disseram autoridades do setor.

“As exportações ajudaram a reduzir os estoques. Na próxima temporada, as usinas não ficarão sob pressão para exportar uma grande quantidade”, disse um comerciante de Mumbai com acordo de comércio global.

Rajendra Jadhav


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail