Usinas

Sem lances em primeira etapa do leilão, usinas da Infinity Bioenergy terão maior desconto

Juntas, as usinas Alcana e Cepar entram na segunda praça do leilão por R$ 60,2 milhões; em primeira praça, o montante era de R$ 85,57 milhões


novaCana.com - 17 out 2019 - 10:58

As usinas Central Energética do Vale do Paraíso (Cepar) e Alcana, ambas do grupo Infinity Bioenergy, não receberam lances nos leilões iniciados na segunda-feira (14) e encerrados ontem (16).

Conforme edital, a Alcana, localizada em Nanuque (MG), segue automaticamente para um segundo pregão, mas com desconto de 30% sobre o valor anterior. Com isso, o valor passa de R$ 64,5 milhões para R$ 45,15 milhões.

A unidade poderá receber lances até às 14h do dia 6 de novembro. Estão à venda o terreno em que se localiza a usina e o prédio, além das máquinas e equipamentos presentes no local, ou seja, sem a inclusão de canaviais.

No caso da Cepar, localizada em São Sebastião do Paraíso (MG), a segunda praça terá lance inicial de R$ 15,05 milhões – o que representa um desconto de 50% sobre o valor de avaliação, de R$ 30,1 milhões. O leilão também se encerra no dia 6 de novembro, mas às 14h30.

Este é o segundo certame da unidade, que teve uma primeira tentativa de venda em julho deste ano.

Juntas, as duas usinas estão à venda por R$ 60,2 milhões.

O grupo Infinity Bioenergy, que está falido desde 2017, possui atualmente quatro usinas: duas em Minas Gerais e duas no Espírito Santo. Além disso, passou por um processo que durou uma década entre o pedido de recuperação judicial e a falência decretada.

Gabrielle Rumor Koster – novaCana.com