Usinas

Millenium deve ser a vencedora do leilão da usina São Fernando, recomenda BB

Credor considera que a proposta da companhia é a mais atrativa pelo valor e pela forma de pagamento


NovaCana - 30 abr 2021 - 15:34

O Banco do Brasil, um dos principais credores da usina São Fernando, emitiu na última quarta-feira, 28, parecer sobre os possíveis compradores da massa falida, cujo processo está em andamento desde 2017. Após a análise das propostas dos interessados pela compra, o banco definiu que as condições da Millenium Holding são as mais atrativas.

A usina, que entrou em recuperação judicial em 2013, foi a leilão em 1º de março e recebeu quatro propostas, sendo três de grupos do setor sucroenergético: a Millenium; a AGF Indústria Produtora de Açúcar, Etanol e Energia Elétrica; e a Energética Santa Helena. José dos Santos, representando um consórcio de investidores, o EGS, também demonstrou interesse.

Após o certame, os interessados tinham 14 dias para se manifestar e outros cinco para defender suas propostas, que seriam avaliadas pelo administrador judicial Vinicius Coutinho, a fim de verificar se elas se encaixavam nos pré-requisitos do leilão.

De acordo com o Banco do Brasil, dentre as analisadas, a Millenium se destaca nos seguintes critérios: o valor presente líquido da proposta é superior; o prazo total para pagamento, de até 180 dias, é inferior; a forma de transferência da usina para a vencedora é mais segura – apenas após o pagamento integral; e as possibilidades de garantias são maiores.

Saiba mais sobre a análise do Banco do Brasil no texto completo (exclusivo para assinantes).


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail