Usinas

Administrador judicial da massa falida da Laginha é destituído a pedido de Lourdinha Lyra


Jornal Extra (AL) - 16 set 2020 - 14:51

A massa falida da Laginha terá um novo administrador judicial. Isso porque um agravo de instrumento, interposto pela filha do ex-usineiro João Lyra, Lourdinha Lyra, foi acatado pela justiça alagoana.

Agora, sai o administrador José Luiz Lindoso da Silva e pode entrar Julius César Lopes de Vasconcelos Santos, indicação do desembargador Klever Loureiro.

O motivo apontado por Lourdinha é de que a atuação de Lindoso tem indícios de má condução e omissão administrativa, fato negado pelos próprios juízes que fazem parte do processo falimentar.

“Cumpre salientar ainda que, apesar de relevantes questões apontadas pelo falido, o andamento processual foi dado, assim como é feito com todos os pedidos e petições apresentadas nos autos falimentares, por qualquer interessado, incluindo os quase 20.000 credores, Ministério Público, Comitê de Credores e Administrador Judicial, ao passo que o processo falimentar se aproxima das 100.000 (cem mil) páginas, com centenas de processos apensos no fluxo da Laginha”, destacaram os magistrados Bruno Araújo Massoud, Filipe Ferreira Munguba, Marcella Waleska Costa Pontes Garcia e Phillippe Melo Alcântara Falcão.

José Fernando Martins


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail