PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Pesquisas

Programa de melhoramento da cana realizado na UFG receberá R$ 11,54 milhões

Recursos fazem parte de uma iniciativa da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do governo federal, para desenvolvimento tecnológico do agronegócio


NovaCana - 05 mai 2022 - 08:58
imae intro
Centro de Excelência em Melhoramento Genético de Cana-de-Açúcar no Cerrado foi inaugurado em 2013

Por meio de um convênio com a Fundação de Apoio à Pesquisa (Funape), a Universidade Federal de Goiás (UFG) obteve um aporte de R$ 11,54 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do governo federal. O valor será destinado a um projeto de novas tecnologias para a avaliação genética da cana-de-açúcar, que faz parte do programa de melhoramento mantido pela universidade.

Conforme um extrato do convênio publicado no Diário Oficial da União (DOU) da última sexta-feira, 29, o prazo de vigência do projeto financiado é de 36 meses a partir da assinatura – ou seja, até o final de abril de 2025. A prestação de contas, por sua vez, deve acontecer até junho do mesmo ano.

Os recursos vêm do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e fazem parte de uma iniciativa do governo federal para destinar R$ 40 milhões em soluções tecnológicas no setor agropecuário.

Conforme o governo, todos os projetos serão desenvolvidos por universidades e centros de pesquisa especializados. Além do programa da UFG para melhoramento da cana-de-açúcar, também devem receber aportes: a Rede FertBrasil, da Embrapa, com estudos na área de fertilizantes; o Instituto Nacional do Semiárido (INSA), com um projeto relacionado a produtos lácteos; e a PronaSolos, rede criada pela Embrapa Solos para o avanço científico e tecnológico aplicado às múltiplas funcionalidades do solo.

Renata Bossle – NovaCana


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
Card image


x