BASF
Pesquisas

Embrapa e Coplacana formam parceria para avanço tecnológico do setor sucroenergético


Embrapa - 04 nov 2019 - 09:05

A Embrapa Informática Agropecuária, em Campinas (SP), e a Cooperativa dos Plantadores de Cana do Estado de São Paulo (Coplacana) firmaram um Acordo de Cooperação Técnica, publicado no Diário Oficial da União, em 29 de outubro de 2019. O objetivo é a integração de esforços para realização de trabalhos de pesquisa e desenvolvimento de soluções de inovação para ampliar a competitividade, produtividade e a sustentabilidade da cadeia produtiva da cana-de-açúcar.

Chefe-geral da Embrapa Informática Agropecuária, Silvia Massruhá explica que a Embrapa vem assumindo protagonismo no levantamento das demandas junto ao setor produtivo para desenvolver pesquisa aplicada. “A introdução de novas tecnologias no setor agropecuário está mudando a face da agricultura tradicional e, por isso, estamos sentindo que só poderemos evoluir nessas tecnologias se estivermos trabalhando em sintonia com o produtor”, complementa.

O Brasil é reconhecido como um grande player na produção e comercialização de açúcar, biocombustíveis e biomassa e, para manter a qualidade e garantir a competitividade no mercado globalizado, será necessário introduzir novas tecnologias, de acordo com Silvia. “Estamos passando por um processo de transformação em vários setores da economia, que começou com a 4ª Revolução Industrial dando origem ao que estamos chamando da indústria 4.0, que está impactando em vários setores, inclusive no agro”, afirma.

Para o diretor comercial da Coplacana Roberto Rossi, a parceria com a Embrapa representa “um novo passo” para a cooperativa em termos de inovação e soluções para o mercado. “A aproximação com a Embrapa veio ao encontro das nossas metas de investimento que tiveram início com o lançamento do nosso hub de inovação, o ‘Avance’”, completa.

A assinatura do acordo de cooperação por um período de cinco anos, com possibilidade de prorrogação por mais cinco, prevê que a tecnologia desenvolvida em conjunto seja lançada no mercado. “Essa tecnologia, além de atender aos nossos cooperados, possibilitará também a distribuição de royalties dos produtos e serviços comercializados; é uma parceria ‘ganha-ganha’”, finaliza Rossi.

O diretor técnico da Coplacana, Francisco Severino, também destaca a importância das ações de aproximação de pesquisadores, empresas e da cooperativa na identificação de oportunidades de cooperação e no desenvolvimento de soluções tecnológicas que contribuam para o aumento de produtividade da cultura da cana. Severino explica que a cooperação técnica e científica vai atender as demandas das áreas de pesquisa, levando soluções tecnológicas que agreguem valor e renda aos produtores rurais.

Serão desenvolvidas quatro soluções tecnológicas, conforme os pesquisadores da Embrapa Informática Agropecuária Fábio César da Silva, líder do projeto, e Geraldo Magela de Almeida Cançado, responsável na Embrapa pelo acordo. Elas englobam a modelagem da produtividade de canaviais usando parâmetros da fertilidade e física do solo associada ao sistema integrado de diagnose e recomendação (Dris) e de balanço de nutrientes para recomendações de fertilizantes e calagem; e a avaliação do efeito de diferentes formas e doses de aplicação de biológicos na produtividade de cana-de-açúcar.

Além disso, haverá um sistema de rastreabilidade usando a tecnologia blockchain para a cadeia produtiva da cana-de-açúcar, desde o produtor até o consumidor final; e a organização, processamento e disponibilização em nuvem de imagens proximais, suborbitais e orbitais para análises de lavouras de cana-de-açúcar para planejamento e controle operacional em talhão e na fazenda.

Histórico da parceria

Contando com mais de 11 mil associados, a Coplacana é hoje uma das maiores cooperativas do setor com 23 unidades de atendimento espalhadas pelos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e Paraná. Grande fornecedora de matéria-prima para a indústria sucroalcooleira, de insumos e equipamentos, a cooperativa tem buscado desde 2018 aproximar as novas tecnologias ao complexo mercado da cana-de-açúcar.

Com esse objetivo, em julho último, a Embrapa Informática Agropecuária e a Coplacana promoveram um workshop de cooperação técnica envolvendo pesquisadores e empresas estratégicas que atuam na área. Durante o evento foram definidas as quatro soluções de inovação que integram o acordo de cooperação do projeto de pesquisa do tipo III da Embrapa, uma modalidade nova de colaboração que prevê o licenciamento do selo “Tecnologia Embrapa” e a comercialização dos produtos que resultarem dessa parceria.

Vera Scholze Borges