BASF
Investimento

Usinas sucroenergéticas devem emitir debêntures incentivadas ainda nesta semana

Entre os grupos que podem fazer emissões em breve estão Raízen, Ipiranga, Melhoramentos e Delta


novaCana.com - 18 set 2019 - 08:30 - Última atualização em: 18 set 2019 - 11:32

Aproximadamente três meses após a assinatura da portaria que permite às usinas sucroenergéticas a emissão de debêntures incentivadas e pouco após a publicação de alterações nas exigências, as primeiras quatro operações de sucroenergéticas nesta modalidade devem ser anunciadas até esta sexta-feira (20).

Segundo reportagem do Valor Econômico, os financiamentos devem totalizar R$ 4,2 bilhões e beneficiarão os grupos Raízen Energia, Ipiranga Agroindustrial, Usina Melhoramentos Norte do Paraná e Delta Sucroenergia.

A princípio, a estimativa inicial do MME era de que as captações do setor de biocombustíveis por meio de debêntures alcançassem R$ 16 bilhões em 2019. Posteriormente, o ministro do Ministério das Minas e Energia, Bento Albuquerque, reduziu o montante para R$ 13 bilhões ao ano, sem especificar se o valor seria atingido já em 2019.

Segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), o mercado de debêntures incentivadas movimentou R$ 19,8 bilhões no ano passado. Os papéis se diferem das debêntures convencionais por oferecerem uma isenção de 15% no imposto de renda para os investidores

novaCana.com
Com informações do Valor Econômico