Financeiro

Os resultados de 33 sucroenergéticas em 2020/21 sob a perspectiva de 20 indicadores

Levantamento feito com exclusividade pelo NovaCana compara o desempenho operacional e financeiro dos principais grupos do setor na última safra; números abrangem resultados líquidos, receitas, despesas, estoques, dívidas e outros dados


NovaCana - 27 out 2021 - 09:20

Com uma produção de 605,46 milhões de toneladas, a temporada 2020/21 do Centro-Sul foi recorde e bastante lucrativa para o setor sucroenergético. Diversas empresas registraram resultados no azul – inclusive, em alguns casos, após vários ciclos de prejuízo, como ocorreu com a Umoe Bioenergy e a usina Ester.

Ainda assim, algumas companhias seguiram com perdas, a exemplo da Della Coletta, da Diana Bioenergia e da Tereos.

Entretanto, não é apenas o resultado líquido que demonstra o desempenho das sucroenergéticas. Por isso, o NovaCana realiza periodicamente um levantamento com indicadores relevantes e ranqueia as principais empresas do setor que divulgam seus dados financeiros de forma pública.

Para o ciclo 2020/21, foram reunidos os números operacionais e financeiros de 33 grupos. A seguir, eles são apresentados a partir de 20 comparativos, que cruzam dois dados de cada empresa. Desta forma, é possível fazer uma avaliação mais equalizada entre companhias de diferentes portes.

Somadas, as sucroenergéticas desta sondagem foram responsáveis por uma moagem de 343,15 milhões de toneladas de cana na safra 2020/21 – quase 56,7% do total esmagado no período. Além disso, a análise atual tem 19 grupos a mais do que a feita no ano passado, referente a 2019/20.

Assim, é possível visualizar o desempenho das empresas em relação à tonelada de cana, à capacidade de lucrar (por meio do Ebitda ajustado, que demonstra os lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização, com a dedução daquilo que as empresas julgam inadequado para medir seus resultados), às dívidas, ao tamanho da empresa (dado pelo ativo ou patrimônio líquido), entre outros números.

Confira, na versão completa e restrita para assinantes dados das seguintes sucroenergéticas:

- Adecoagro
- Atvos
- Balbo
- Batatais
- Biosev
- BP Bunge
- Cerradinho
- Cevasa
- Clealco
- CMAA
- Cocal
- Colombo
- Coruripe
- Da Mata
- Della Coletta
- Delta Sucroenergia
- Diana Bionergia
- Ester
- Ferrari
- Jalles Machado
- Maringá
- Nardini Agroindustrial
- Pedra Agroindustrial
- Raízen Energia
- Santa Adélia
- Santa Lúcia
- São Domingos
- São Manoel
- São Martinho
- SJC Bioenergia
- Tereos
- Uisa
- Zilor


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail



x