Financeiro

Raízen tem lucro de R$ 605,9 milhões no 1º trimestre da safra, queda anual de 22,4%

Moagem da companhia entre abril e junho foi de 26,4 milhões de toneladas, retração de 15,4% ante o mesmo período de 2021/22


NovaCana - 12 ago 2022 - 09:50

A Raízen registrou um lucro líquido de R$ 605,9 milhões no primeiro trimestre da safra 2022/23, ante R$ 780,3 milhões no ano anterior. Apesar da queda de 22,4% no valor, a empresa destacou seu lucro ajustado de R$ 1,09 bilhão, que representa um avanço de 116,7% ante os R$ 501,4 milhões de um ano antes.

Segundo o balanço financeiro divulgado pela empresa nesta quinta-feira, 11, o valor ajustado considera o ativo biológico, a norma IFRS 16 e outros efeitos, que não foram especificados.

Ainda de acordo com a Raízen, o Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, descontando também fatores tidos como relevantes pela empresa) foi de R$ 3,65 bilhões, alta anual de 55%.

raizen 120822 resultado

Por sua vez, a moagem de cana-de-açúcar caiu 15,4% no período, para 26,4 milhões de toneladas, ante 31,2 milhões no mesmo período do ciclo anterior. Segundo a Raízen, a retração se deve ao início tardio da colheita e à menor produtividade agrícola.

A companhia ainda informou que 47% da matéria-prima foi direcionada para a produção de açúcar, ante 51% no primeiro trimestre de 2021/22. Com isso, a produção de açúcar ficou em 1,46 milhão de toneladas, queda de 25,7% no comparativo anual, enquanto a de etanol baixou 15,3%, para 1,02 bilhão de litros.

A Raízen ainda afirmou que bateu seu recorde de produção de etanol de segunda geração (E2G), com 7,6 milhões de litros produzidos no trimestre, o que representaria um avanço anual de 29%. “[O resultado está] em linha com o plano de atingir 30 milhões de litros no ano-safra”, completa a empresa.

raizen 120822 moagem

Vendas de açúcar e etanol

No primeiro trimestre da safra 2022/23, a receita operacional líquida da Raízen somou R$ 66,26 bilhões, aumento de 94,6% frente aos R$ 34,05 bilhões vistos no mesmo período de 2021/22.

De acordo com a companhia, o faturamento foi puxado principalmente pelo aumento de 53,7% no volume comercializado de etanol, que chegou a 1,4 bilhão de litros.

“O preço médio do etanol próprio foi 14% superior ao primeiro trimestre de 2021/22, evidenciando o cenário mais favorável ao biocombustível ao longo do trimestre, potencializado pela nossa atuação diferenciada na cadeia de valor”, afirmou a empresa.

A Raízen ainda declarou que aumentou suas exportações do biocombustível, direcionando volumes para a Ásia e para o estado norte-americano da Califórnia.

Considerando apenas o segmento de renováveis – que une os mercados de etanol e eletricidade – o Ebitda da Raízen foi de R$ 1,16 bilhão, queda anual de 23%. Quando são considerados os ajustes aplicados pela empresa, a variação se transforma em alta de 27,8%.

raizen 120822 renovaveis

Além disso, a Raízen também registrou um avanço de 37% nas vendas de açúcar, que totalizaram 2,72 milhões de toneladas no trimestre. Nesse caso, o preço médio subiu 22,8%, para R$ 2.141 por tonelada.

Por sua vez, o Ebitda do segmento de açúcar caiu 44,6%, para R$ 593,8 milhões. Com os ajustes, a Raízen passa a considerar uma alta de 23,3%.

raizen 120822 acucar

Ainda segunda a Raízen, 3,44 milhões de toneladas de açúcar referentes à safra 2022/23 estavam com comercializadas a preço fixado no mercado internacional, com valor médio de R$ 1.892 por tonelada.

Além disso, a empresa também contabilizou fixações para as safras 2023/24 e 2024/25, a R$ 2.244/t e R$ 2.398/t, respectivamente.

raizen 120822 hedge

Dívida e investimentos

Conforme a Raízen, a dívida líquida da companhia ao final de junho era de R$ 23,19 bilhões, avanço de 67,7% ante a posição ao encerramento da safra anterior. Com isso, mesmo com o maior Ebitda ajustado, a alavancagem da empresa subiu 0,6 pontos percentuais, para 1,9 vez.

A dívida bruta da companhia na mesma data somava R$ 29,97 milhões, com R$ 11,09 milhões comprometidos em moeda local e R$ 18,89 milhões vinculados a moedas estrangeiras.

raizen 120822 divida

Ao mesmo tempo, a empresa também divulgou um aumento de 72,2% nos investimentos em comparação com o primeiro trimestre da safra anterior, totalizando R4 1,49 bilhão.

Deste total, a maior parte foi destinada à manutenção dos canaviais, com R$ 1,01 bilhão (+47,7%). Além disso, R$ 345,5 foram direcionados a projetos de expansão, com R$ 231,6 milhões indo para usinas de etanol de segunda geração e o restante para projetos que não foram especificados.

raizen 120822 investimentos

Renata Bossle – NovaCana
Com informações da Reuters


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x