Financeiro

Número de CBios chega a 7 milhões, mas distribuidoras compraram menos de 300 mil


novaCana.com - 02 set 2020 - 16:13

Embora as novas metas do programa RenovaBio já tenham sido determinadas, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) ainda não publicou quantos créditos de descarbonização (CBios) as distribuidoras de combustíveis fósseis precisarão adquirir em 2020. A princípio, fontes ouvidas pela Agência Estado asseguram que será mantido o volume submetido à consulta pública pelo Ministério de Minas e Energia (MME): 14,53 milhões.

Caso isso se comprove, o número de CBios ofertados até o fim de agosto seria suficiente para atender a 48,3% da demanda criada pelo programa. Segundo números disponibilizados pela B3 – responsável por acompanhar o mercado de créditos –, um total de 7,02 milhões de títulos foram emitidos até 1º de setembro.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), por sua vez, até 31 de agosto, as usinas já haviam apresentado notas fiscais de venda suficientes para a geração de 7,8 milhões de créditos. Desta forma, mais 783 mil CBios podem ser disponibilizados nos próximos dias.

Ainda conforme as informações apresentadas pela B3, as distribuidoras que têm uma meta obrigada a cumprir já adquiriram 297,1 mil títulos até o momento. Aproximadamente 68% deste total – 203,07 mil CBios – foi comprado na segunda quinzena de agosto, caracterizando um aquecimento do mercado.

Saiba mais sobre o mercado de CBios – incluindo preços, volumes negociados, mercado entre investidores e o número de créditos aposentados – no texto completo (exclusivo para assinantes).


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail