Financeiro

MME aprova projetos de Pedra Agroindustrial, Melhoramentos e Ferrari como prioritários

Com o aval da pasta, grupos sucroenergéticos poderão emitir debêntures com benefícios aos investidores


NovaCana - 21 nov 2022 - 11:33

Desde que as usinas de açúcar e etanol passaram a poder emitir debêntures de infraestrutura, em junho de 2019, até o primeiro semestre deste ano, elas captaram R$ 8,9 bilhões. Agora, mais duas companhias passam a integrar este círculo: o Ministério de Minas e Energia (MME) aprovou o caráter prioritário de projetos enviados pelos grupos Ferrari e Pedra Agroindustrial.

Além disso, a Melhoramentos Norte do Paraná (CMNP) recebeu uma nova habilitação, com investimentos previstos de R$ 836 milhões. A empresa já havia emitido papéis em 2019, quando obteve R$ 350 milhões.

As três aprovações foram publicadas pelo MME no Diário Oficial da União (DOU).

No texto completo (exclusivo para assinantes NovaCana), saiba mais sobre a destinação dos recursos e os objetivos de cada empresa.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x