Financeiro

Grupo Colombo aprova emissão de debêntures “verdes” no valor de R$ 400 milhões

Os títulos serão destinados ao reembolso de investimentos feitos nos canaviais visando as safras 2021/22 e 2022/23


NovaCana - 25 ago 2021 - 15:49

Os acionistas do grupo Colombo, com três usinas em São Paulo, reuniram-se para formalizar as novas debêntures “verdes” da companhia. Esta já é a terceira geração de títulos aprovada: em março, a empresa emitiu debêntures no valor de até R$ 360 milhões.

A assembleia geral extraordinária foi realizada no começo de julho, tendo sua ata publicada no Diário Oficial de São Paulo. Estiveram presentes 98,2% dos acionistas da empresa, que decidiram a favor da emissão de debêntures simples, do tipo quirografárias, no valor de R$ 400 milhões.

Em série única, serão gerados 400 mil títulos ao valor unitário de R$ 1 mil. Com vencimento em julho de 2028 e possibilidade de resgate ou vencimento antecipado, os papéis são considerados “verdes” por envolverem obrigações de caráter socioambiental, que serão avaliadas e verificadas pela Sitawi Finanças do Bem, uma organização social de interesse público.

Além disso, as debêntures também trazem vantagens aos investidores por serem referentes a um projeto de investimento prioritário aprovado pelo Ministério de Minas e Energia (MME) no ano passado.

Confira no texto completo, exclusivo para assinantes, as condições dos títulos, previsão de pagamentos e as garantias do grupo para a emissão das debêntures.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

Card image


x