PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Financeiro

Copersucar lidera ranking de excelência do setor sucroenergético em 2020

Trading de comercialização de açúcar também foi eleita a Empresa de Valor entre as mil maiores de todo o país


NovaCana - 16 dez 2021 - 16:05

Não há como falar sobre o ano de 2020 sem citar a pandemia causada pelo coronavírus que impactou o cenário mundial – da saúde à economia. Todos os setores precisaram se adaptar, inclusive o de açúcar e etanol.

O efeito da covid-19 não alterou somente o planejamento das usinas, mas também o consumo, paralisou exportações e fez fronteiras fecharem. Contudo, mesmo com diversos empecilhos a grande maioria das sucroenergéticas conseguiu uma boa resposta, devido especialmente ao aumento no volume vendido de açúcar, mantendo resultados favoráveis mesmo diante da diminuição da demanda por etanol.

Um exemplo é a Copersucar que aumentou em 43% o volume de açúcar vendido na safra 2020/21, efetivou seu crescimento na receita e se destacou no setor sucroenergético. Contudo, vale ressaltar que o Centro-Sul teve quebra de safra, influenciando nas previsões de déficit global de açúcar nas próximas temporadas e interferindo nos cenários futuros para o produto.

A publicação Valor 1000, realizada pelo Valor Econômico, traz anualmente o desempenho financeiro das mil maiores companhias brasileiras, ranqueadas por sua receita líquida, e que pode refletir este cenário. O levantamento também destaca as dez melhores empresas de diferentes setores com os resultados consolidados de 2020 mais favoráveis a partir de oito critérios avaliados, com pesos diferentes de acordo com sua relevância, chegando a uma nota final.

A receita líquida tem peso de 2,5 pontos, a margem Ebitda de dois pontos (o indicador é calculado pela relação entre o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização e a receita líquida) e a rentabilidade do patrimônio (lucro líquido sobre o patrimônio líquido) de 1,5. Os outros três critérios – margem da atividade, liquidez corrente e giro de ativo – contabilizam um ponto cada. Por fim, a cobertura de juros e o crescimento sustentável valem 0,5 ponto cada.

As mais bem posicionadas em cada critério recebem a melhor pontuação. Em um exemplo, no caso da receita líquida, que tem peso de 2,5, a primeira colocada ganha 25 pontos e a última, 2,5 pontos.

Confira na versão completa e restrita para os assinantes do NovaCana detalhes do ranking, além de gráficos sobre as melhores empresas do setor nos oito critérios especificados pela publicação Valor 1000.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
Card image


x