Financeiro

Clealco triplica prejuízo na safra 2019/20, alcançando perdas de R$ 286,65 milhões

Companhia, que está em recuperação judicial, teve uma queda de 20% na receita em comparativo anual


novaCana.com - 09 set 2020 - 09:00

A safra 2019/20 foi um período de decisões difíceis para a Clealco. Em recuperação judicial desde julho de 2018, o grupo optou por manter apenas uma de suas três unidades em operação. Segundo a companhia, o volume de cana-de-açúcar moído caiu 41% na comparação anual, de 5,8 milhões para 4,1 milhões de toneladas.

Além disso, a venda da usina Queiroz, localizada no município paulista de mesmo nome, não foi aprovada pelos credores.

Para a safra atual, a companhia retomou as atividades da usina em Clementina (SP) – agora, apenas a unidade de Penápolis (SP) segue parada – e conseguiu a aprovação de mudanças em seu plano de recuperação. Ainda assim, reverter a sequência de prejuízos pode ser um desafio.

Em 2019/20, a Clealco registrou um resultado líquido negativo de R$ 286,65 milhões. Por mais que o valor seja 209,1% maior que o prejuízo visto na safra anterior, ele ainda fica aquém das perdas de R$ 577,88 milhões contabilizadas em 2017/18.

Segundo os números divulgados pela companhia, o resultado veio acompanhado de uma redução de 20,4% nas receitas.

No texto completo, saiba mais sobre os resultados financeiros da Clealco:

- Histórico do lucro líquido e do lucro bruto
- Relação entre receitas e custos
- Balanço financeiro: receitas, despesas e impacto do câmbio
- Outras despesas da companhia
- Perfil da dívida


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR