BASF
Financeiro

BTG Pactual projeta primeiros resultados da safra 2019/20 para Cosan e São Martinho

Em comparação com números do primeiro trimestre da temporada anterior, banco de investimentos estima maiores receitas para a Cosan e menores para a São Martinho


novaCana.com - 25 jul 2019 - 07:50

O primeiro trimestre da safra 2019/20 trouxe uma queda anual de 3% na moagem para as usinas do Centro-Sul, conforme números da União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica). O resultado foi acompanhado por uma redução de 3,8% na qualidade da matéria-prima e levou a quedas na produção – tanto de açúcar quanto de etanol.

Assim, não surpreende que o banco BTG Pactual tenha projetado uma queda nas receitas do Grupo São Martinho em comparação com o desempenho no período de abril a junho do ano passado. Porém, a estimativa de redução de 17,82% é maior que a diminuição média da produção no Centro-Sul.

Segundo os números apresentados pelo banco, a receita do grupo deve ser de R$ 622,14 milhões, ante os R$ 757 milhões vistos no mesmo período do ano passado. Na comparação com o trimestre anterior, a queda é ainda mais acentuada, chegando a 44,65%.

Em sua prévia de resultados referentes ao primeiro trimestre de 2019/20, o BTG também trouxe suas projeções de Ebitda e resultado líquido para a São Martinho e para a Cosan, empresa controladora da Raízen.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

ou


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail