Financeiro

Bioenergética Aroeira faz emissão de R$ 150 milhões em “CRAs verdes”

Operação foi certificada pela Sitawi, empresa especializada em financiamentos sustentáveis


NovaCana - 02 dez 2020 - 12:25

Com uma usina em Tupaciguara (MG), a Bioenergética Aroeira fez a emissão de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs) no valor de R$ 150 milhões. Conforme reportagem do Valor Econômico, os títulos tiveram grande demanda por parte do mercado investidor, reduzindo o custo da operação financeira ao piso estimado no lançamento.

Um dos aspectos de destaque dos papéis é que se trata de uma emissão “verde”. A sustentabilidade da companhia foi assegurada pela Sitawi, considerada a maior certificadora de financiamentos sustentáveis da América Latina.

Segundo as fontes consultadas pelo Valor Econômico, a Aroeira recebeu uma avaliação na “banda superior” da escala de análise da Sitawi para Governança Ambiental, Social e Corporativa (ESG, na sigla em inglês). Entre os fatores considerados estão a sustentabilidade da produção de etanol, a cogeração de energia a partir da queima do bagaço da cana e a certificação Bonsucro.

A operação terá coordenação do Banco Alfa. De acordo com o diretor-executivo do segmento corporativo e de investimento da instituição, Augusto Martins, a emissão atraiu investidores de diversos perfis. “O feedback dos investidores é que [a emissão foi atrativa] não só pelo crédito em si, mas por causa da certificação”, disse ao Valor.

Ele ainda complementa que o banco tem previsão de realizar outras operações de CRA no setor sucroenergético devido ao potencial para a certificação verde.

novaCana.com
Com informações do Valor Econômico


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

Card image


x