Financeiro

Assembleia de credores da Atvos é adiada para 16 de abril

Companhia sucroenergética da Odebrecht deve ser vendida como parte de acordo da holding com bancos


novaCana.com - 27 mar 2020 - 08:03

Em comunicado enviado à imprensa, a Atvos – antiga Odebrecht Agroindustrial – divulgou que a assembleia geral de credores prevista para hoje (27), em São Paulo (SP), foi remarcada para o dia 16 de abril de 2020. Um novo local será anunciado posteriormente.

A assembleia fazia parte do processo de recuperação judicial da companhia. Na ocasião, os credores deveriam votar a aprovação do plano de recuperação da companhia.

“O adiamento ocorre em respeito às orientações das autoridades de saúde no combate à disseminação da Covid-19 (coronavírus)”, afirma a Atvos.

A companhia, que faz parte do grupo Odebrecht, está em recuperação desde maio do ano passado, em um processo que ocorre separadamente da holding. Quando a sucroenergética entrou na justiça com o pedido de proteção contra credores, suas dívidas somavam em torno de R$ 12 bilhões.

Desde então, a Atvos iniciou um longo processo de negociação com seus credores. A empresa apresentou uma primeira versão de seu plano de recuperação em agosto, mas a assembleia para a aprovação do documento tem sofrido adiamentos desde então.

Usinas à venda

Recentemente, a Odebrecht – que também está em recuperação judicial – firmou um acordo com os principais bancos credores para reestruturar mais de R$ 50 bilhões em dívidas.

Segundo informações publicadas pela Exame, para reorganizar o grupo, a Odebrecht terá que vender suas principais empresas. Isso inclui a Atvos, a petroquímica Braskem, a operadora de sondas Ocyan e a participação na Santo Antônio Energia (Saesa).

Ainda de acordo com a reportagem, a perspectiva é que a Atvos seja a primeira companhia a ser vendida.

novaCana.com
Com informações da Atvos e da Exame


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail