Financeiro

Ações da São Martinho saem ganhando com oferta global de açúcar mais apertada

O risco de alta para as ações da São Martinho, segundo os analistas, é explicado pelo sentimento de preços de açúcar mais elevados


Money Times - 09 jun 2021 - 08:19

A São Martinho tem mais um motivo para entrar no radar dos investidores, de acordo com a Ágora Investimentos, que avalia atrativos ganhos à companhia sucroenergética com um saldo global de oferta e demanda mais apertado para açúcar.

Conforme o relatório obtido pelo Money Times, o otimismo da Ágora com a ação resvala com a redução feita pela Organização Internacional do Açúcar (ISO) quanto à sua estimativa para o déficit global de açúcar na atual safra 2020/21, que começou em outubro.

A instituição reduziu para 3,142 milhões de toneladas o déficit da safra de açúcar, ante 4,782 milhões de toneladas projetadas anteriormente.

O risco de alta para as ações da São Martinho, segundo os analistas Leandro Fontanesi e Ricardo França, que assinam o relatório, é explicado pelo sentimento de preços de açúcar mais elevados, ao passo que a oferta e demanda pela commodity deve ficar mais apertada com base na previsão da ISO.

“Modelamos um preço conservador do açúcar de 15,5 centavos de dólar por libra-peso para 2021/22, que é 12% abaixo do spot (mercado usado por produtores agrícolas quando precisam urgentemente de recursos financeiros ou quando o preço de seus produtos está em um patamar elevado) de 17,7 centavos de dólar por libra-peso, e que o açúcar responde por cerca de 50% do total da receita da São Martinho”, conclui a dupla.

Lucas Simões


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail



x