PUBLICIDADE
ARMAC
Política

Petrobras vai anunciar redução do preço dos combustíveis esta semana, diz Bolsonaro


O Globo - 06 dez 2021 - 09:04 - Última atualização em: 06 dez 2021 - 11:46

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo, 5, que a Petrobras vai anunciar uma série de "pequenas reduções" no preço dos combustíveis a partir desta semana. Ele não deu detalhes sobre quanto será o percentual de diminuição.

“A Petrobras começa esta semana a anunciar a redução no preço do combustível. Nesta semana já começa a anunciar”, disse o presidente, em entrevista ao Poder 360, enquanto visitava um clube em Brasília.

Como a Petrobras é uma companhia com ações na bolsa de valores, é obrigatório que sejam seguidas regras para a divulgação de decisões. Procurada, a petroleira informou que não irá comentar sobre as declarações de Bolsonaro.

O presidente falou sobre o assunto enquanto acompanhava a final do campeonato de futebol do Minas Brasília Tênis Clube, em Brasília.

“A gente anuncia agora, esta semana, pequenas reduções, a princípio toda semana, do preço dos combustíveis”, reforçou o presidente.

Ao ser indagado sobre a vinda da Frente Nacional de Prefeitos a Brasília nos próximos dias para tratar do transporte público urbano, Bolsonaro voltou a dizer que os governadores devem ser cobrados pela alta dos preços.

“O que eu tenho ouvido eles [prefeitos] reclamarem é que, com o aumento do combustível, aumenta o preço da passagem. Agora, seria bom eles procurarem os governadores”, afirmou Bolsonaro.

Ele acrescentou: “Eu não reajustei, mantive congelado desde 2019, o valor do PIS/Cofins, que é o imposto federal. Os governadores mantiveram o percentual, que varia de acordo com o valor na bomba. E mais que dobraram o valor arrecadado com o ICMS. Querem criticar, critiquem. Mas a pessoa certa”.

Além das críticas que costuma fazer aos governadores pela alta dos preços, Bolsonaro também passou a fazer comentários contra a Petrobras recentemente. No mês passado, atacou o montante dos dividendos distribuídos para os acionistas da empresa.

Há cerca de duas semanas, o presidente disse que buscava uma forma de rever a política da Petrobras de impor paridade internacional para os preços de combustível.

A atual política de preços, que repassa aos combustíveis a variação do petróleo e do dólar, foi estabelecida durante o governo do ex-presidente Michel Temer.


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x