Etanol: Mercado

Venda de anidro pelas usinas do Centro-Sul sobe 35% no ano; produção cresce 11,3%

Preço do biocombustível misturado à gasolina tem prêmio de 14,4% no mercado à vista ante o valor do etanol hidratado


S&P Global Platts - 11 jun 2021 - 10:47

Por Nicolle Monteiro de Castro*

As vendas de etanol anidro pelas usinas do Centro-Sul no mercado interno somaram 1,48 bilhão de litros no primeiro bimestre da safra 2021/22, alta de 35% no ano, enquanto a produção atingiu 1,85 bilhão de litros, elevação de 11,27% no mesmo comparativo. Os dados foram divulgados ontem, 10, pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

O etanol brasileiro vem quebrando recordes de preço desde o final de janeiro, apesar da demanda pelo combustível ainda ser limitada devido à pandemia de coronavírus.

De acordo com cálculos da S&P Global Platts, o preço médio do etanol hidratado vendido pelas usinas do Centro-Sul no acumulado da safra 2021/22 foi de R$ 3.335/m³, alta de 92% em relação ao mesmo período do ano passado.

Por sua vez, o prêmio médio do etanol anidro sobre o hidratado atingiu a média de 14,4% no mercado à vista, após ter chegado a 14,3% em toda a safra 2020/21 (considerando valores isentos de impostos). Este resultado explicaria em parte a mudança na estratégia das usinas, que passaram a priorizar a fabricação de anidro ante o hidratado.

A análise completa está disponível com exclusividade para os assinantes NovaCana.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

Card image


x