Etanol: Mercado: Regulação

CBios poderão ser registrados a partir de 27 de abril, de acordo com a B3

Entidade que atuará como registradora do RenovaBio deve concluir desenvolvimento de sistema no próximo mês


novaCana.com - 31 mar 2020 - 12:40 - Última atualização em: 31 mar 2020 - 14:52

A comercialização dos créditos de descarbonização criados pelo RenovaBio, os CBios, já tem data certa para começar.

Conforme divulgado em comunicado da B3 – bolsa de valores oficial do Brasil, que atua como a única registradora do RenovaBio –, os processos de emissão, compra, venda e consulta de titularidade dos CBios serão implementados em 27 de abril.

Portanto, dentro de pouco menos de um mês, as usinas poderão vender e as distribuidoras poderão comprar os créditos. Para isso, porém, os títulos também precisam ser escriturados, uma ação que será realizada por bancos ou instituições financeiras vinculados ao RenovaBio.

O processo para disponibilizar um CBio para comercialização começa com o cadastro das notas fiscais de venda de biocombustíveis, feito pelas usinas certificadas no programa. Na sequência, um banco contratado pela usina deve escriturar o título e encaminhá-lo à B3, responsável pelo registro. A B3, por sua vez, irá registrar o CBio e acompanhar sua movimentação.

A B3 confirmou ao novaCana que, a partir do dia 27, o sistema já aceitará os registros. No entanto, isso não necessariamente significa que alguma entidade financeira fará a escrituração de CBios logo no primeiro dia.

Segundo a bolsa de valores, o primeiro título poderá ser negociado assim que um dos bancos escrituradores estiver pronto para fazer o registro e houver algum investidor interessado na compra.

Gabrielle Rumor Koster – novaCana.com