Etanol: Preços

Preço do etanol deve bater recorde nas usinas do Centro-Sul, chegando a R$ 4 por litro

Açúcar em alta retira vantagem para a produção de anidro; ao mesmo tempo, consumidores do Sudeste estão preferindo o hidratado ante a gasolina


S&P Global Platts - 19 ago 2021 - 08:50

Por Phillip Herring*

Os preços do etanol no Centro-Sul continuam batendo recordes diários devido à alta demanda, aos pequenos volumes ofertados no mercado à vista e aos estoques restritos de maneira geral.

“Os preços do etanol permanecem firmes e em uma trajetória de alta, uma vez que os estoques estão relativamente baixos dado que a demanda atual está subindo para níveis pré-pandêmicos, o que deve empurrar os preços no Centro-Sul acima de R$ 4.000 por metro cúbico”, disse um trader de São Paulo. “O etanol precisará atingir um valor que efetivamente neutralize a demanda para que o impulso da alta dos valores tenha fim”.

Várias geadas no Centro-Sul, alto prêmio para a produção de açúcar, relatórios de oferta altistas e um preço favorável ante a gasolina foram os motivos dos aumentos na maior parte de 2021.

Em 16 de agosto, a S&P Global Platts avaliou o preço do etanol hidratado nas usinas de Ribeirão Preto (SP) em R$ 3.855/m³. Trata-se de um valor recorde, com ampliação de R$ 2.255/m³, ou seja 141%, em relação ao valor baixo observado em abril de 2020.

A Platts avaliou também o etanol anidro doméstico em R$ 3.900/m³ nas usinas de Ribeirão Preto, outro preço recorde, com alta de R$ 2.265/m³, seja ou 138%, em relação ao baixo valor de maio de 2020.

A análise completa está disponível para assinantes NovaCana.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail