PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Etanol: Preços

Se ômicron tiver efeito duradouro no petróleo, deve afetar etanol, diz StoneX


Agência Estado - 01 dez 2021 - 13:44

Ainda é cedo para afirmar que a variante ômicron da covid-19 causará impacto significativo nos preços, informou o consultor de açúcar e etanol da StoneX, Bruno Lima. Mas, se causar e o efeito for duradouro, a cepa vai pressionar os preços do etanol.

“Se projetarmos um cenário em que a paridade do etanol para a gasolina na bomba volta para perto de 75% – hoje está entre 81% e 82% –, com o petróleo entre US$ 60 e 70 por barril e o dólar entre R$ 5,60 e R$ 5,70, falamos de etanol entre R$ 3,70 e R$ 4 o litro”, afirmou ele ao Broadcast Agro na tarde de ontem.

Para o analista, a Petrobras já tem espaço para reduzir o preço da gasolina na refinaria, o que tende a pressionar o biocombustível. “Se houver recuo no preço da gasolina, teria mais espaço para o etanol cair por causa da paridade bem exacerbada atualmente. No final da entressafra de cana-de-açúcar no Centro-Sul, entre março e abril, talvez haja espaço para alta adicional em razão do início mais tardio da safra”, afirmou. “Com menor disponibilidade de cana e canavial prejudicado, o início da safra deve ser adiado”.

Ele destacou que, como o assunto ainda é novidade, não se sabe de que maneira a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) reagirá, ou como ficará a questão de reservas emergenciais de outros países. “É difícil bater o martelo agora, ainda há muita coisa para ser desenhada”, completa.

Nos últimos dias, de acordo com Lima, o etanol recuou principalmente porque a relação entre o preço do biocombustível e o da gasolina avançou muito, superando os 80%. “Essa alta da paridade trouxe um preço mais baixo do etanol”.

Augusto Decker


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
Card image


x