Etanol: Preços

Etanol hidratado é negociado por valores abaixo do custo de produção


S&P Global Platts - 23 abr 2020 - 09:41

Por Nicolle Monteiro de Castro*

O etanol hidratado brasileiro foi negociado abaixo do custo de produção nesta quarta-feira (22). No principal polo produtor do país, em Ribeirão Preto (SP), o biocombustível foi vendido a R$ 1.316,70/m³, excluindo PIS/Cofins – atualmente de R$ 130,90/m³ – e o ICMS do estado de São Paulo, de 12%.

O custo de produção de etanol hidratado no Brasil é estimado em R$ 1.377/m³. Desta forma, as usinas Centro-Sul estão vendendo o início da produção da safra 2020/21 com uma margem negativa de aproximadamente R$ 61/m³.

No momento, a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) solicita um apoio emergencial dos ministérios de Agricultura e Minas e Energia para garantir que as usinas possam sobreviver durante essa crise de consumo. Os três principais pedidos foram a isenção temporária do PIS/Cofins, um aumento na Cide sobre a gasolina e uma linha de crédito para estocagem de etanol.

De acordo com o presidente da Unica, Evandro Gussi, os produtores precisariam estocar 25% da produção estimada para a safra 2020/21. Para isso, precisariam de um crédito de quase R$ 9 bilhões.

A possível renúncia da cobrança de PIS/Cofins, por sua vez, desencadeou uma menor demanda no mercado spot, pois os compradores estavam com medo de comprar com impostos que podem ser isentos em breve e continuar carregando estoques com preços superiores ao mercado spot..

Nesta quarta, a Platts calculou o preço do etanol hidratado convertido em açúcar bruto equivalente a 7,99 centavos de dólar por libra-peso. Desta forma, apesar da recente queda no contrato futuro do açúcar na ICE – que se estabeleceu em 9,83 centavos de dólar por libra-peso –, as exportações de açúcar ainda estavam pagando melhor do que o etanol hidratado no mercado doméstico mercado.

* Nicolle Monteiro de Castro é especialista sênior de preços da S&P Global Platts

Com tradução novaCana.com