Etanol: Exportação

Califórnia muda regras de programa de biocombustível e usinas precisam se adaptar

Unidades têm até o final do ano para se adequar às novas regras; atualmente, 89 rotas de produção brasileiras estão certificadas no programa


novaCana.com - 18 jun 2020 - 08:11

Dada a crise instaurada pela pandemia de coronavírus, as usinas precisam pensar em alternativas para manter sua rentabilidade. Uma das possibilidades é a exportação de etanol, e um dos melhores mercados disponíveis para o produto é a Califórnia, especialmente porque o governo do estado norte-americano oferece um prêmio por créditos de descarbonização de forma semelhante à proposta pelo RenovaBio.

O Padrão de Combustíveis de Baixa Emissão de Carbono (LCFS), programa desenvolvido pelo Conselho de Qualidade do Ar da Califórnia (Carb), existe há nove anos e, assim como o brasileiro, exige um processo de certificação. Além disso, em 2020, ele está passando por algumas mudanças.

A principal delas é a atualização do sistema de verificação da nota, ferramenta semelhante à RenovaCalc, que passará da versão Greet 2.0 para a Greet 3.0. Outra mudança é a inserção de organismos de verificação para a realização das validações.

Segundo os dados mais recentes divulgados pelo Carb, das 776 rotas produtivas cadastradas no programa, 89 são do Brasil. Destas, 51 são de etanol de primeira geração, 37 de etanol de melaço e 1 de etanol de segunda geração.

O E2G da usina Bioflex, da GranBio, possui a melhor nota, com suas emissões calculadas em 33,82 gCO2eq/MJ. Na outra ponta, a pior nota é da unidade Tarumã, da Raízen Energia, com emissão de 56,35 gCO2eq/MJ.

Ao contrário do que acontece no RenovaBio, o LCFS contabiliza as emissões de cada processo produtivo e não sua mitigação em comparação com a gasolina. Por isso, quanto menor a nota, melhor.

Confira na versão completa (para assinantes) mais detalhes sobre o funcionamento do programa, as notas das usinas brasileiras cadastradas e as mudanças pelas quais o LCFS está passando.

Certificacao california ranking emissao co2 block

Veja também gráficos com:

- Volumes estimados de exportação brasileira para Califórnia
- Rotas brasileiras cadastradas no programa californiano


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail