Etanol: Mercado

EPE diminui projeção de oferta e demanda de etanol brasileiro para 2030 para 49 bilhões de litros

Mesmo com os “sinais positivos” do RenovaBio, novas estimativas de oferta e demanda do biocombustível são menores que há dois anos


novaCana.com - 09 mai 2018 - 09:45

Apesar do que chama de “sinais positivos” do RenovaBio, a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) reduziu suas estimativas de oferta e demanda de etanol para 2030. As perspectivas atualizadas foram expostas pelo diretor de estudos do petróleo, gás e biocombustíveis, José Mauro Coelho.

A nova projeção espera que as usinas brasileiras produzirão 49 bilhões de litros em 2030. O valor está 5 bilhões de litros abaixo da projeção realizada em 2016, e reforçada em 2017, quando a EPE estimava uma oferta de 54 bilhões de litros de etanol em 2030.

EPE 1 projeção 2030 oferta etanol 17042018

O MME, na consulta pública sobre as metas do RenovaBio apresentadas na última sexta (04), projetou que o etanol alcançará uma produção de 47,1 bilhões de litros em 2028.

O destaque, no entanto, não é o volume, que, apesar de menor, está em linha com as expectativas, mas em como este volume será alcançado.

O novaCana fez um compilado das estimativas da EPE envolvendo os pontos que interessam mais ao mercado:

- Evolução da oferta e da demanda
- Comparativo com estimativas anteriores
- Expectativas para o etanol de milho
- Números do etanol celulósico
- Perspectivas de importação e de exportação de etanol


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR