BASF
Etanol: Mercado

Consumo recorde de etanol hidratado em 2018 traz crescimento de 42,1% [30 gráficos]

Etanol hidratado teve uma demanda de 19,38 bilhões de litros no ano passado; somado ao volume comercializado de etanol anidro, consumo foi de 29,74 bilhões de litros


novaCana.com - 04 fev 2019 - 09:14

A demanda aquecida por etanol hidratado foi destaque ao longo de todo o ano de 2018. Agora, com a divulgação dos números de dezembro pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o recorde está consolidado.

Com 19,38 bilhões de litros, o consumo de etanol no acumulado do ano cresceu 42,1% ante os 13,64 bilhões de litros registrados em 2017. O valor também supera em 8,5% o recorde anterior, registrado em 2015.

Considerando o consumo acumulado de 38,35 bilhões de litros de Gasolina C, isso significa que o etanol hidratado atendeu a mais de 26% da demanda energética por combustíveis em 2018.

A maior parte desse consumo está concentrada em São Paulo, com 9,96 bilhões de litros. O estado, que também é o maior produtor nacional do biocombustível, viu um crescimento de 29,5% na demanda.

Ainda maiores foram os crescimentos relativos em outros produtores do Centro Sul, como Minas Gerais (69,4%), Goiás (48,4%) e Paraná (46,8%). Juntos, esses três estados corresponderam a um consumo de 5,57 bilhões de litros.

Consumo total de etanol

Apesar da alta na demanda por etanol, o consumo de combustíveis do Ciclo Otto (em gasolina equivalente) teve uma queda de 3,2% em 2018, indo de 53,80 para 52,06 bilhões de litros. Dessa forma, o declínio no volume de Gasolina C fica ainda mais evidente, passando de 44,15 bilhões de litros em 2017 para 38,35 bilhões de litros em 2018 (-13,1%).

Uma queda na quantidade de gasolina comercializada significa também uma redução no volume de etanol anidro. Conforme os números da ANP, o consumo específico desse tipo de etanol caiu de 11,92 para 10,35 bilhões de litros.

Na soma com o volume de etanol hidratado consumido no período, o total foi de 29,74 bilhões de litros. O valor representa um aumento de 16,3% em relação aos 25,56 bilhões de litros vistos no acumulado de 2017.

Consumo mensal de etanol

Especificamente em relação ao mês de dezembro, o consumo de hidratado foi de 2,05 bilhões de litros, um aumento de 5,6% em relação a novembro e de 37,2% na comparação com dezembro de 2017. O combustível também representou 29,6% da preferência do consumidor, ante 21,55% um ano antes.

Em São Paulo, esse mesmo indicador alcançou 50,27%, com o consumo mensal de 1,04 bilhão de litros.

No país, com a exceção de maio – quando houve uma queda de 4 milhões de litros no comparativo –, o consumo mensal de etanol hidratado ao longo de 2018 se manteve acima do registrado no ano anterior.

Por sua vez, o consumo nacional de etanol anidro foi de 933,2 milhões de litros, totalizando uma demanda por 2,99 bilhões de litros do renovável em dezembro.

consumo 02 otto mensal nov17 block

consumo 01 otto acumulado nov17 block

consumo 04 hidratado anual nov17 block

consumo 05 hidratado mensal nov17 block

consumo 03 combustiveis evolucao nov17 block

consumo 06 preferencia consumidor nov17 block

novaCana DATA

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar