Etanol: Mercado

Consumo de etanol chega a 9 bilhões de litros no 1º semestre de 2021 [30 gráficos]

Na comparação anual, a demanda pelo biocombustível cresceu 2,7%; já a pela gasolina teve elevação de 8,1%


NovaCana - 04 ago 2021 - 14:18

A recuperação no consumo de etanol continua lenta, com o biocombustível registrando uma menor participação de mercado após as bruscas quedas na demanda vistas no ano passado, com a chegada da pandemia de covid-19. Os números referentes ao período de janeiro até junho foram divulgados na última sexta-feira, 30, pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Ao longo do primeiro semestre do ano, as vendas de etanol hidratado chegaram a 9,21 bilhões de litros (em gasolina equivalente), um aumento de 2,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Ainda assim, o volume representa uma retração de 14,4% em comparação a 2019.

Já a gasolina teve um consumo de 17,8 bilhões de litros no acumulado do ano. O valor equivale a uma alta de 8,1% ante o primeiro semestre de 2020 – ficando 5,4 pontos percentuais acima do crescimento observado pelo etanol – e retração de apenas 3,7% em relação ao mesmo período de 2019.

Em junho, especificamente, o consumo de hidratado foi de 1,28 bilhão de litros, queda de 4,3% em relação aos 1,33 bilhão registrados um ano antes. Segundo a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), a retração do mês é referente a queda na competitividade do biocombustível frente a gasolina.

De acordo com os números da ANP, o etanol representou 22,05% do volume abastecido com combustíveis do ciclo Otto no mês. Em junho de 2020, este índice era de 25,76%; e, um ano antes, de 29,27%.

Esta é a primeira redução na demanda mensal pelo biocombustível depois de três meses seguidos de crescimento. Em comparação com junho de 2019, ano pré-pandêmico, a diminuição no consumo de etanol foi de 26,1%.

Por sua vez, o consumo de gasolina no mês foi de 3,2 bilhões de litros, um crescimento anual de 17,4%. Neste caso, houve avanço até mesmo na comparação com junho de 2019, de 8,1%.

Desta forma, a demanda total por combustíveis do ciclo Otto foi de 4,1 bilhões em junho, chegando à 24,31 bilhões no primeiro semestre de 2021. Em relação ao ano anterior, foram registrados aumentos de 11,8% e 6,6%, respectivamente.

consumo 01 otto acumulado block 020321

consumo 02 otto mensal block 020321

consumo 03 combustiveis evolucao block 020321

consumo 04 hidratado anual block 020321

consumo 05 hidratado mensal block 020321

consumo 06 preferencia consumidor block 020321

novaCana DATA (exclusivo assinantes)

Giully Regina – NovaCana


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail