Etanol: Abastecimento

Estoques de etanol anidro estão 23,4% mais altos em relação ao ano passado [21 gráficos]

Em contrapartida, tanques dedicados ao hidratado estão 24,6% mais baixos na comparação anual


NovaCana - 16 set 2021 - 14:57

Os estoques de etanol anidro continuam subindo no Centro-Sul, segundo dados divulgados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) na última segunda-feira, 13.

Ao final da segunda quinzena de agosto, o total de biocombustível armazenado para mistura à gasolina era de 3,54 bilhões de litros, aumento de 23,4% na comparação anual. No dia 16 do mesmo mês, a variação anual era de 13,2%. Já em comparação com 1º de setembro de 2019, período pré-pandêmico, os estoques de anidro estão 23,5% mais elevados.

Por sua vez, os tanques de hidratado tiveram queda de 24,6% em relação ao mesmo período do ano passado, totalizando 4,96 bilhões de litros; na metade de agosto, esta variação era de 25,5%. Já em relação ao mesmo período de 2019, os atuais níveis de hidratado representam uma queda de 5,7%.

Dessa forma, de acordo com o levantamento do Mapa, os estoques de etanol do Centro-Sul chegaram a 8,5 bilhões de litros em 1º de setembro, o que representa uma queda de 10% em relação aos 9,45 bilhões vistos um ano antes. Ainda assim, o volume está 4,6% acima dos 8,13 bilhões do mesmo período de 2019.

Segundo dados da União da Indústria da Cana-de-açúcar (Unica), as usinas da região produziram 941 milhões de litros de etanol anidro na segunda metade de agosto. Considerando a variação quinzenal, o equivalente a 48,5% deste montante, ou 464,09 milhões de litros, foram estocados.

Ainda de acordo com a Unica, também foram produzidos 1,29 bilhão de litros de hidratado, dos quais 36% foram para as reservas, resultando em uma adição de 464,09 milhões de litros.

Com estes volumes produzidos e estocados, as usinas do Centro-Sul mantêm a estratégia de dar preferência aos estoques do produto a ser misturado à gasolina, considerado mais vantajoso economicamente. No primeiro semestre deste ano, o consumo do combustível fóssil teve alta de 8,1% ante uma elevação de 2,7% para o renovável.

De acordo com o analista de commodities sênior da Green Pool, Eder Vieito, esta ação dos produtores pode ser uma antecipação para um eventual aperto da oferta durante a entressafra, causada pela quebra de safra consequente das geadas e queimadas na região Centro-Sul.

Em São Paulo, maior estado produtor e consumidor do biocombustível, os estoques de etanol somavam 4,67 bilhões de litros em 1º de setembro, uma queda de 16,2% na comparação anual. Deste volume, 2,08 bilhões eram de anidro (+12,1%) e 2,58 bilhões de hidratado (-30,4%).

etanol 01 total 030521 block

etanol 04 total estados 030521 block

etanol 02 anidro 030521 block

etanol 04 hidratado estados 030521 block

etanol 02 hidratado 030521 block

etanol 04 anidro estados 030521 block

NovaCana DATA (exclusivo assinantes)

Giully Regina – NovaCana


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail