BASF
Etanol: Meio ambiente

CNPE aumenta meta de descarbonização do RenovaBio para 11% em 2029


BiodieselBR - 26 jun 2019 - 09:04

Em 2029, os combustíveis consumidos pelos brasileiros poderão emitir, no máximo, 66,1 gramas de gás carbônico equivalente para cada megajoule de energia (gCO2eq/MJ). A nova meta da Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) foi definida na tarde dessa segunda-feira (24) durante reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE).

O número representa uma redução de 11% em relação ao valor de referência de 74,25 gCO2eq/MJ, correspondente à intensidade de carbono média da matriz nacional de combustíveis em 2017.

Anteriormente, a meta de redução das emissões era de 10,1% sobre o valor de referência, o que colocava o teto de redução em 66,7 gCO2/MJ. A princípio, o processo de revisão deve se repetir anualmente.

Os valores devem auxiliar na definição das metas de compra de crédito de descarbonização (CBios), que tiveram consulta pública aberta pelo Ministério de Minas e Energia (MME) no final de abril. Uma vez definidos esses números, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) calculará as metas individuais das distribuidoras.

Fábio Rodrigues – BiodieselBR.com
Com edição novaCana.com