Trabalhadores

Bioenergia emprega 3,44 milhões de trabalhadores no mundo

Levantamento feito pela Irena mostra retração de 2,3% no número pessoas ocupadas no segmento; energias renováveis como um todo avançaram 5,4%


BiodieselBR.com - 23 set 2022 - 09:47

Pelo segundo ano seguido, o número de postos de trabalho gerados pela indústria de bioenergia recuou. É o que aponta a mais nova edição do estudo Energias Renováveis e Empregos, publicado pela Agência Internacional de Energias Renováveis (Irena).

Segundo as estimativas do órgão, no mundo todo, pouco mais de 3,44 milhões de pessoas estão empregadas em companhias dedicadas à produção bioenergia.

O segmento é liderado pela produção de biocombustíveis líquidos que registrou, no ano passado, um pouco mais de 2,42 milhões de empregados. A biomassa sólida teve 716 mil trabalhadores e o biogás, 307 mil.

No agregado dessas três fontes, a quantidade de empregos ficou 2,3% abaixo dos 3,52 milhões contabilizados em 2021. O pico do segmento aconteceu em 2019, quando as empresas do ramo tiveram 3,58 milhões de trabalhadores.

Apesar da queda, a bioenergia se manteve como a segunda maior empregadora na indústria global de energias renováveis. Ela é superada apenas contingente de 4,29 milhões de empregados no segmento fotovoltaico.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x