Cana: Safra / Moagem

[Unica] Números iniciais da safra 2020/21 – resultados da 1ª quinzena de abril

Em meio a recorde de moagem, queda no faturamento com etanol chega a quase 50%


Unica - 29 abr 2020 - 12:08

  1. Moagem quinzenal: Contrastando com a queda nas vendas de etanol, a moagem alcançou 22,38 milhões de toneladas de cana-de-açúcar nos quinze primeiros dias do mês: o segundo maior índice histórico para o período; menor apenas quando comparado às 32,94 milhões de toneladas registradas nessa mesma quinzena da temporada 2016/17. No comparativo quinzenal com o resultado observado em 2019 (13,90 milhões de toneladas), houve um crescimento de quase 8,5 milhões de toneladas.

    tabela unica acumulada 29.04.20

    BL quinzena 01 moagem 25.04

  2. Análise sobre a moagem: “Esse resultado mostra o esforço do setor sucroenergético em iniciar a safra, a despeito de todas as dificuldades decorrentes da pandemia do novo coronavírus e da disputa entre os produtores de petróleo”, declarou o diretor técnico da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica), Antonio de Padua Rodrigues.

  3. Usinas em operação: Até 16 de abril, 178 unidades produtoras já estavam em operação no Centro-Sul (destas, seis produzindo etanol de milho). Nessa mesma data do último ano eram 157. A expectativa é de que outras 32 unidades iniciem a safra na segunda metade de abril e outras 29 comecem a operar em maio. “Cabe lembrar, porém, que 20 unidades postergaram o início de suas atividades para quinzenas subsequentes devido ao cenário atual, incerto e preocupante”, afirma Rodrigues.

  4. Auxílio governamental: “O anúncio de medidas emergenciais é absolutamente urgente e necessário para reduzirmos o risco de colapso das atividades do setor”, ressaltou Rodrigues. De acordo com ele, está em jogo a manutenção de toda uma cadeia produtiva e de seus milhares de empregos.

  5. Produção quinzenal de açúcar: As produções de açúcar e de etanol aumentaram nesse início de safra. No caso do açúcar, a produção atingiu 948,50 milhões de toneladas, mais do que o dobro verificado na safra passada (340,10 milhões de toneladas).

  6. Produção quinzenal de etanol: Nos primeiros 15 dias de abril, o volume fabricado do biocombustível somou 981,86 milhões de litros (180,14 milhões de litros de etanol anidro e 801,72 milhões de litros de etanol hidratado), alta de 32,70% em relação a mesma quinzena de 2019.

    unica safra 19.20block

  7. Etanol de milho: O volume divulgado inclui a fabricação de etanol a partir do milho. Esta totalizou 86,30 milhões de litros até 16 de abril, ante 49,07 milhões de litros no mesmo período do ciclo 2019/2020 – alta de 75,87%.

  8. Mix de produção: Com isso, o percentual de cana-de-açúcar destinada à fabricação da commodity saltou de 23,49% em 2019 para 39,69% na primeira metade de abril do ano corrente. “Esse comportamento do mix favorável ao açúcar era esperado, em vista dos baixos preços praticados para o biocombustível”, completa Rodrigues.

  9. ATR: Conforme a Unica, a safra 2020/21 teve início com uma média de 112,08 kg de açúcar total recuperável (ATR) por tonelada moída de cana-de-açúcar. O valor representa um crescimento de 2,5% ante a temporada anterior.

    BL quinzena 04 ATR ton 25.04

  10. Covid-19 e mercado de etanol: Ainda segundo a Unica, a desaceleração da economia e as medidas de isolamento para controle da disseminação do novo coronavírus já repercutem sobre as vendas de etanol. As unidades produtoras da região Centro-Sul comercializaram 799,03 milhões de litros nos primeiros quinze dias de abril.

  11. Vendas domésticas de etanol: Desse total, as vendas de etanol hidratado ao mercado interno somaram 560,48 milhões de litros, expressiva queda 35,77% frente a mesma quinzena de 2019. Em relação ao etanol anidro, foram 201,20 milhões de litros comercializados domesticamente, contra 302,91 milhões de litros no ano anterior.

  12. Receita com as vendas de etanol: A queda drástica da demanda por combustíveis, as retrações nas cotações do petróleo e o recuo nos preços do açúcar já impactam o faturamento setorial. Na primeira quinzena de abril, a receita com a venda de etanol caiu quase 50% na comparação com os valores registrados no mesmo período de 2019.

  13. Competitividade do etanol: Informações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e compiladas pela Unica mostram que, na última semana (entre 19 a 25 de abril), sete cidades paulistas já apresentam preço relativo entre etanol versus gasolina inferior a 60%. Abaixo da paridade técnica de 70%, são 173 munícipios dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás – cifra expressiva considerando que a pesquisa parte de uma amostra de 445 cidades brasileiras.

  14. Capacidade de estocagem de etanol: Segundo a Unica, dados publicados pela ANP evidenciam que não existe restrição de tancagem física nas usinas e destilarias do País. A capacidade de armazenamento de etanol nessas unidades é superior a 17 bilhões de litros. Para Rodrigues, o avanço da produção e a baixa demanda pelo combustível exigem linhas financeiras para viabilizar a armazenagem de etanol pelos produtores. “Estamos no início da safra e é no período de moagem que ocorre o maior desembolso para pagamento dos custos de produção. Se não encontrarmos meios para estocar o produto, teremos uma intensificação da situação dramática vivenciada pela cadeia sucroenergética”, completou o executivo.

Mais informações


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR