Cana: Safra / Moagem

[Unica] Atualização quinzenal da safra 2020/21 – 2ª quinzena de abril

Venda de etanol hidratado combustível no Centro-Sul cai 38% no mês de abril


Unica - 12 mai 2020 - 11:57

  1. Moagem quinzenal: A moagem de cana-de-açúcar pelas unidades produtoras da região Centro-Sul somou 37,96 milhões de toneladas na 2ª metade de abril, contra 31,73 milhões de toneladas verificadas no mesmo período na safra 2019/20.

    tabela unica 12.05.20

    BL quinzena 01 moagem 25.04

  2. Usinas em operação: Em relação ao número de usinas em operação, 35 unidades iniciaram a safra na segunda quinzena de abril de 2020. Com isso, 213 empresas registraram moagem até dia 30 de abril, versus 220 unidades industriais em igual data do último ano. Para o mês de maio, a expectativa é de 25 empresas iniciem o processamento na primeira quinzena e sete unidades produtoras nos últimos quinze dias do mês.

  3. Produção quinzenal de açúcar: Da quantidade total de cana-de-açúcar processada na quinzena, 45,76% foi destinada à fabricação de açúcar, ante os 30,87% registrados na mesma data de 2019. Como consequência, a produção de açúcar quase dobrou (+93,46%) nos últimos quinze dias de abril de 2020, atingindo 2,02 milhões de toneladas.

    BL quinzena 03 acucar 25.04

  4. Análise sobre o mix de produção: “Essa mudança no mix de produção decorre da perda de atratividade do etanol e reflete a expectativa de uma safra 2020/21 mais açucareira”, afirma o diretor técnico da União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), Antonio de Padua Rodrigues

  5. Mais usinas produzindo açúcar: Além das usinas que ampliaram o mix para açúcar, outras oito unidades produtoras que não fabricaram açúcar nas duas últimas safras retornaram à produção neste ano (uma dessas unidades estava parada e as outras sete plantas optaram por não fabricar açúcar nas safras passadas).

  6. Vendas de açúcar: Como resultado do aumento da produção e da relatada atratividade econômica, as vendas de açúcar para o mercado externo efetuado pelas unidades do Centro-Sul aumentaram 52,54% em abril de 2020 ante o mesmo período do ano anterior (1,42 milhão de tonelada versus 932,73 mil toneladas). Em contrapartida, a quantidade comercializada para o mercado interno se manteve estável em 606,19 mil toneladas.

  7. Produção quinzenal de etanol: A produção de etanol, por sua vez, totalizou 1,57 bilhão de litros na quinzena, contra 1,50 bilhão fabricados em igual período do ciclo 2019/20. Do total produzido esse ano, o hidratado atingiu 1,14 bilhão de litros e o volume produzido de anidro cresceu 36,95%, alcançando 438,50 milhões de litros.

    BL quinzena 02 etanol 25.04

  8. Vendas de etanol: As vendas de etanol pelas unidades da região Centro-Sul, para os mercados interno e externo, registraram novamente queda na segunda quinzena de abril e, por consequência, o volume mensal comercializado no mês atingiu 1,78 bilhão de litros (com 76,77 milhões de litros exportados). Esse nível de vendas representa uma retração de 29% comparativamente ao mesmo período do ano anterior (2,55 bilhões de litros).

  9. Vendas domésticas de hidratado: No mercado doméstico em abril, as vendas de etanol hidratado combustível atingiram apenas 1,10 bilhão de litros, com redução expressiva de 38,37% em relação ao comercializado no mesmo período de 2019, quando as unidades produtoras venderam 1,78 bilhão de litros.

  10. Vendas domésticas de anidro: Da mesma forma, as vendas internas de etanol anidro apresentaram redução de 18,97%, atingindo 480,19 milhões de litros em abril de 2020 contra 592,62 milhões de litros em igual período do ano anterior.

  11. Análise sobre as vendas de etanol: Segundo Antonio de Padua Rodrigues, “apesar do recente aumento na competitividade do biocombustível frente seu concorrente fóssil nos principais centros consumidores, a demanda de etanol segue com um futuro incerto em função dos impactos da pandemia e das oscilações no preço da gasolina”.

  12. Competitividade do etanol: Dados publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e compilados pela Unica mostram que na última semana (entre 3 a 9 de maio), 170 cidades já apresentaram preço relativo entre etanol versus gasolina abaixo da paridade técnica de 70%. No Estado de São Paulo, principal centro consumidor, os números indicam que em 88% dos municípios paulistas, incluindo a capital, o hidratado foi mais competitivo nas bombas em relação ao derivado fóssil na última semana.

  13. Análise sobre o mercado de etanol: Rodrigues explica que “as condições climáticas favoráveis à operacionalização da colheita, garantiram um avanço da produção. Ocorre, por outro lado, que a retração da demanda não permite ampliação das vendas. Esse cenário resulta em maior pressão nos preços dos produtores e leva a necessidade de ampliar o armazenamento do produto”. Hoje já temos várias usinas com estoque para aderir a qualquer mecanismo financeiro que seja criado para armazenamento do etanol, acrescentou.

  14. Moagem acumulada: Somadas as duas quinzenas de abril, a moagem alcançou 60,38 milhões de toneladas (aumento de 32,33% na comparação com igual período do ciclo 2019/20).

    tabela unica acumulada 12.05.20

  15. Produção acumulada de açúcar e etanol: Desta forma, houve a fabricação de 2,98 milhões de toneladas de açúcar (+115,83%), 615,91 milhões de litros de etanol anidro (+56,47%) e 1,94 bilhão de litros de etanol hidratado (+5,15%).

    unica safra 19.20block

  16. Análise sobre a produção: “O incremento de 1,6 milhão de toneladas na produção do açúcar na atual safra decorre em 50% da alteração do mix e 50% do aumento na quantidade de matéria-prima processada”, afirma Rodrigues.

  17. Evolução do ATR: A qualidade da matéria-prima processada na segunda quinzena de abril, mensurada a partir da concentração de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR), aumentou 9,10% atingindo 121,83 kg por tonelada em 2020 contra 111,66 kg verificados na mesma quinzena do último ano. No acumulado até 30 de abril, o indicador de qualidade assinala 118,44 kg de ATR por tonelada, com aumento de 6,75% em relação ao valor da safra 2019/20.

    BL quinzena 04 ATR ton 25.04

  18. Análise sobre as condições da safra: “O clima mais seco observado nesse início da nova safra favoreceu o ritmo de colheita e uma expressiva melhora na qualidade da matéria-prima. Contudo, importante pontuar que a ausência prolongada de um regime de chuvas equilibrado deve comprometer o desenvolvimento da planta a ser colhida nos meses subsequentes e, por consequência, a oferta de cana na safra 2020/21“, acrescentou Rodrigues.

  19. Etanol de milho: Do volume total de etanol, 95,58 milhões de litros foram de etanol fabricado a partir de milho nos últimos 15 dias de abril. No acumulado do mês, a fabricação de etanol de milho alcançou 181,88 milhões de litros, com crescimento de 80,72% em relação ao volume registrado no mesmo período da safra 2019/20.

Mais informações


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR