Açúcar: Mercado

Açúcar bruto tem máxima de sete meses e meio na ICE; março é negociado a 14,72 cents/libra


Reuters - 20 out 2020 - 07:14

Os contratos futuros do açúcar bruto negociados na ICE avançaram para uma máxima de sete meses e meio nesta segunda-feira, impulsionados por compras de fundos diante de incertezas em relação ao tamanho dos subsídios que a Índia concederá para exportações.

O contrato março do açúcar bruto fechou em alta de 0,29 centavo de dólar, ou 2,0%, 14,72 centavos de dólar por libra-peso, maior nível desde 26 de fevereiro.

Operadores destacaram que as compras por fundos ajudaram a impulsionar o rali recente do açúcar, com dados semanais da CFTC mostrando um novo aumento nas apostas altistas na commodity.

preco acucar 201020

O mercado foi apoiado pela falta de um anúncio da Índia sobre os subsídios a exportações na temporada 2020/21.

A consultoria Green Pool disse em nota que a Índia exportou um recorde de 5,84 milhões de toneladas em 2019/20, com o nível dos subsídios variando de 6 centavos a 7 centavos de dólar por libra-peso.

“A crise do covid na Índia representa um grande problema orçamentário para o governo, e talvez o Ministério das Finanças esteja defendendo que os subsídios são um desperdício”, disse a Green Pool.

A Índia precisa exportar 6 milhões de toneladas de açúcar no ano comercial de 2020/21, iniciado em 1º de outubro, já que a produção deve crescer por causa de um aumento na área plantada, disse um importante órgão comercial local nesta segunda.

O açúcar branco para dezembro avançou 7,20 dólares, ou 1,8%, para 403,20 dólares a tonelada.

Nigel Hunt e Marcelo Teixeira


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail