Açúcar: Exportação

Mesmo com queda de 11% na exportação de açúcar em 2021, receita cresce em 5%

No ano, foram comercializadas 27,25 milhões de toneladas do adoçante, gerando ganhos de US$ 9,18 bilhões


NovaCana - 13 jan 2022 - 11:25

Em 2021, o volume de açúcar exportado pelas usinas brasileiras apresentou queda de 11% no comparativo com o ano anterior. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia, 27,25 milhões de toneladas foram enviadas a outros países no período.

Apesar desta retração, a receita acumulada do açúcar fechou o ano em US$ 9,18 bilhões, um crescimento de 5% ante os US$ 8,77 bilhões de 2020. Isto foi possível por conta de um aumento de 18% no preço médio do produto, que subiu dos US$ 285,42 por tonelada vistos em 2020 para US$ 336,87/t no ano passado.

Especificamente, o açúcar bruto representou 24 milhões das toneladas exportadas, queda de 10% no comparativo anual. Com um preço médio de US$ 331,36/t (+19,8%), a receita obtida com este produto foi de US$ 7,95 bilhões (+7,7%).

Já o refinado totalizou 3,26 milhões de toneladas comercializadas, retração de 17,7% ante 2020. Neste caso, o preço médio subiu 9,6%, para US$ 377,46/t, gerando ganhos de US$ 1,23 bilhão (-9,8%).

acucar 01 acumulado mensal preco block

Os cinco principais destinos do produto brasileiro em 2021 foram: China (4,26 mi t), Argélia (2,36 mi t), Nigéria (1,86 mi t), Bangladesh (1,79 mi t) e Malásia (1,34 mi t). Por sua vez, os principais portos de saída da commodity foram Santos (SP), com 20,32 milhões de toneladas; Paranaguá (PR), com 4,98 milhões; e Maceió (AL), com 1,08 milhões.

Dezembro

O último mês do ano também apresentou diminuição no volume exportado, totalizando 1,94 milhão. Neste caso, a retração foi de 27,1% ante novembro, quando o país exportou 2,66 milhões de toneladas. Já no comparativo com dezembro de 2020, a queda foi de 32,6%.

Por sua vez, o preço médio do açúcar ficou em US$ 372,98 por tonelada em dezembro, representando um crescimento de 6,8% em relação a novembro. Já frente ao resultado de um ano antes houve um crescimento maior, de 24,8% – em dezembro de 2020, o preço médio fechou em US$ 298,93/t.

Assim, a receita mensal com açúcar foi de US$ 723,54 milhões, queda de 15,9% no comparativo com o mesmo mês do ano anterior.

O açúcar bruto representou 1,65 milhões de toneladas do total comercializado em dezembro, fechando o período com um preço médio de US$ 367,05/t e uma arrecadação mensal de US$ 607,43 milhões, queda de 16,5% sobre o mesmo mês em 2020.

Já o açúcar refinado compôs 285 mil toneladas do total. O produto foi vendido a US$ 407,39/t, rendendo US$ 116,11 milhões, uma queda de 12,8% em relação ao ano anterior.

acucar 02 tabela 3 anos 080721 block.png

NovaCana DATA (exclusivo para assinantes)

Lucas Vasconcelos – NovaCana


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x