Açúcar: Exportação

ISO reduz previsão de déficit para açúcar em 2021/22 para 2,55 milhões de toneladas

Embora mantenha uma perspectiva de produção inferior ao consumo em seu relatório de novembro, a entidade prevê um déficit menor ante o esperado em agosto


NovaCana - 18 nov 2021 - 17:13 - Última atualização em: 19 nov 2021 - 10:10

Em relatório publicado hoje, 18, a Organização Internacional do Açúcar (ISO, na sigla em inglês) afirma que o mercado global de açúcar seguirá em déficit em 2021/22 (outubro a setembro). Entretanto, houve uma redução no valor para 2,55 milhões de toneladas, ante as 3,52 milhões de toneladas previstas em agosto.

Mesmo com a mudança, o valor esperado pela ISO ainda é maior que a média calculada no levantamento realizado pelo NovaCana com 17 companhias. No começo do mês, a expectativa era de uma carência de 1,52 milhão de toneladas de açúcar em 2021/22.

Em relação à produção, a entidade prevê 170,47 milhões de toneladas do adoçante em 2021/22, o que representa uma queda de 165 mil toneladas na comparação com o relatório de agosto. Porém, o número significa um aumento de 1,48 milhão de toneladas ante 2020/21.

Já o consumo revisado aumentou, chegando a 173,03 milhões de toneladas, sendo 2 milhões de toneladas acima da temporada passada.

Para 2020/21, a ISO acredita em um déficit de 2,02 milhões de toneladas, aumento ante as 1,45 milhão de toneladas esperadas em agosto. A média no levantamento do NovaCana com as consultorias foi de um déficit de 1,94 milhão de toneladas.

A organização também aponta para uma perspectiva de menor produção mundial, de 169 milhões de toneladas, decaindo 1,34 milhões de toneladas desde o último levantamento. Um dos motivos citados no relatório é a menor produção no hemisfério sul. Já o consumo global foi revisado para 171,02 milhões de toneladas, queda de 771 mil toneladas ante agosto.

Leia a análise completa no texto para assinantes.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail



x