Açúcar: Exportação

Governo realiza rateio de cota adicional de exportação de açúcar para os EUA

Usinas da região Norte-Nordeste são as mesmas que devem atender à cota preferencial, estipulada em setembro do ano passado


novaCana.com - 16 mar 2020 - 14:50 - Última atualização em: 27 abr 2020 - 12:10

Um total de 157,19 mil toneladas de açúcar devem sair da região Norte-Nordeste rumo aos Estados Unidos durante a safra 2019/20 (outubro a setembro). Além das 144,41 mil toneladas estipuladas pela cota preferencial, as usinas ainda receberam a demanda por 12,78 mil toneladas adicionais da commodity.

Mesmo com a cota adicional, o volume ainda é menor que as 177,75 mil toneladas calculadas inicialmente pelo governo brasileiro. Ele também é inferior às exportações referentes à safra 2018/19.

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Economia, entre outubro de 2018 e setembro de 2019, as usinas da região Norte-Nordeste exportaram 169,8 mil toneladas de açúcar para os Estados Unidos. O volume foi superior às 161,26 mil toneladas determinadas inicialmente pela cota.

Conforme publicado em Diário Oficial, a cota adicional para 2019/20 foi rateada entre as mesmas unidades que já participaram da divisão referente à cota preferencial. No total, são 36 usinas – destas, 15 são de Alagoas, nove de Pernambuco e três da Paraíba. Por sua vez, Rio Grande do Norte e de Sergipe participam com duas usinas, enquanto Bahia, Piauí, Pará, Maranhão e Amazonas estão representados com uma usina cada.

No texto completo, saiba a relação de usinas que participaram do rateio para exportação de açúcar aos Estados Unidos e os volumes atribuídos a cada uma delas, tanto na cota adicional quanto na cota preferencial.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail