Usinas

Grupo Clealco retoma atividades da unidade Clementina, parada há um ano


Folha Regional (SP) - 23 jun 2020 - 11:43

Nesta segunda-feira (22), a Clealco anunciou a retomada das atividades da unidade Clementina, localizada no município paulista de mesmo nome. O anúncio foi feito nas redes sociais da empresa, onde um vídeo institucional anunciou as metas de companhia.

Na safra 2020/21, o objetivo é moer 1,5 milhão de toneladas de cana na unidade.

Em recuperação judicial desde julho de 2018, a Clealco suspendeu a moagem na unidade de Clementina no início do ano de 2019, quando cerca de 300 funcionários foram dispensados. Na época, a previsão era de retomar a produção em 2020.

De acordo com a empresa, a decisão pela paralisação foi tomada porque havia uma menor disponibilidade de cana-de-açúcar na região e o volume disponível seria direcionado para a unidade Queiróz.

Em 2019, constava no site da empresa que a unidade Queiróz tem capacidade de esmagar mais de cinco milhões de toneladas de cana por safra. Já a unidade de Clementina teria capacidade para moer três milhões de toneladas de cana.